Santos cogita afastar Lucas Lima e terá reunião com o meia na terça

O Santos vai definir nesta terça-feira o futuro de Lucas Lima no clube. Enquanto é cobrado por torcida e comissão técnica, o meia corre o risco de deixar o clube antes mesmo de seu contrato terminar, no dia 31 de dezembro. A diretoria cogita dispensar o jogador das duas últimas rodadas do Brasileirão.

- Com a definição da comissão técnica, vamos chamar o Lucas Lima para conversar e definirmos a situação dele até o fim do campeonato - resumiu o presidente Modesto Roma Júnior em contato com a reportagem, sem responder se Lucas Lima será ou não afastado.

A relação entre o clube e o atleta já estava desgastada. Grande parte da torcida vinha fazendo duras cobranças quanto ao comprometimento e até sobre o desempenho do meio-campista. Aliado a isso, Lucas está próximo de fechar com o rival Palmeiras.

A ideia de dirigentes e membros da comissão técnica é evitar desgaste do jogador com a torcida, principalmente na última rodada, diante do Avaí, na Vila Belmiro, e também tranquilizar o grupo. Além das últimas atuações, a polêmica envolvendo Lucas Lima é sobre seu futuro, já que são grandes as chances dele defender o rival Palmeiras, clube com o qual já protagonizou provocações.

Desde que foi comprado pelo Peixe do Sport, por R$ 5,5 milhões, em 2014, ele fez 203 jogos e 19 gols. No total, foram 56 assistências, números superiores aos de Ganso.

O Alvinegro chegou a oferecer a um de seus principais atletas nas últimas temporadas uma renovação de contrato até o fim de 2020 que, na somatória, totalizaria R$ 41 milhões. No entanto, nem o meia ou um de seus representantes deram resposta ao clube.

Na última quarta-feira, durante um evento de homenagem para Elano, na embaixada santista em Salvador, Modesto foi cobrado por dois torcedores exaltados, que exigiram a saída de Lucas Lima. O dirigente chegou a responder que não poderia fazer, pois o contrato do jogador é válido até o fim deste ano e continuará em vigência mesmo com o afastamento.

Em 2015, quando Santos e Palmeiras se enfrentaram sete vezes (por Paulistão, Copa do Brasil e Brasileirão), Lucas protagonizou polêmicas respostas a palmeirenses e provocações aos rivais nas redes sociais. Após bater o pênalti que deu o título paulista para o Peixe em cima do Verdão, ele fez uma tatuagem na panturrilha para lembrar da cobrança vitoriosa.

Seu último jogo pelo Alvinegro foi na derrota para o Bahia por 3 a 1, na Fonte Nova.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos