Atacante do Everton é o primeiro punido por simulação no Inglês

O atacante Oumar Niasse, do Everton, foi punido pela Federação Inglesa (FA) nesta quarta-feira por ter enganado o árbitro da partida entre Everton e Crystal Palace, realizada no último sábado, simulando um pênalti. Ele pegou um gancho de dois jogos.

Durante o confronto, o jogador do Everton caiu na área após disputa com o defensor Scott Denn, do Palace. O juiz Anthony Taylor viu pênalti na jogada e assinalou a penalidade, convertida por Leighton Baines, empatando o jogo e garantindo um ponto para o Everton.

Com isso, Niasse se tornou o primeiro jogador da história da Premier League a ser acusado e punido por simulação. A nova regra foi introduzida pela FA em maio deste ano. O atacante Shaun Miller, do Carlisle, da quarta divisão, já havia sofrido o mesmo tipo de punição em outubro.

Em comunicado, o Everton disse estar "decepcionado" com a decisão da federação, mas aceitou a suspensão. O senegalês perderá os duelos contra o Southampton no domingo e também na quarta-feira, contra o West Ham.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos