Basel vence United no fim e trava classificação dos ingleses às oitavas

Em casa, o Basel teve dificuldades para manter o placar zerado diante do Manchester United. Precisando da vitória para avançar à próxima fase, a equipe se viu no bolso dos ingleses no primeiro tempo, mas voltou transformada na etapa final e, como um milagre, Lang cravou a vitória do Basel com um gol aos 44 minutos do segundo tempo. O resultado mantém os Reds na liderança do Grupo A, com 12 pontos. O Basel, se mantém na vice-liderança, com nove pontos.

Líder do Grupo A da Liga dos Campeões, o Manchester United entrou em campo precisando de apenas um empate para garantir a classificação. No Joggeli, o Basel teve trabalho para evitar que o adversário saísse na frente, chegando a manter apenas 36% de posse de bola contra 64% dos ingleses. Durante o primeiro tempo, os principais lances foram dos Red Devils. Pogba, que entrou em campo como titular pela segunda vez seguida após ficar fora de campo desde setembro, teve participação nas melhores chances da etapa, assim como o atacante Lingard.

Os donos da casa começaram a sofrer com a pressão logo aos 11 minutos. De fora da área, Pogba deu um belo passe para Lukaku, que protegeu a bola, mas acabou sendo parado por Vaclik, que fez grande defesa. Na sequência, os Reds cruzaram a bola dentro da área e Fellaini apareceu para cabecear deixando o goleiro rival no chão, mas graças a Akanji, que salvou em cima da linha do gol, o placar continuou zerado. O volante ainda teve a chance de fazer um gol de cabeça no canto, mas a bola apenas raspou a trave.

Uma sequência de boas jogadas incendiou os minutos finais do primeiro tempo. Aos 43, Martial levantou na área, Fellaini arriscou o cabeceio e a bola explodiu na trave esquerda, deixando o United perto de abrir o placar. Na sequência, o atacante arrancou pelo meio-campo, passou por dois zagueiros e tentou encobrir Vaclik, que salvou o Basel com o braço direito. No final, Rojo mandou uma bomba pela intermediária, mas a bola desviou e estourou no travessão e o recuo do Basel para investir nos contra-ataques não deu certo.

Apesar de ter mostrado pouco futebol em campo no primeiro tempo, o Basel voltou com a mesma formação, mas pressionando o adversário como não havia sido visto até então. Precisando da vitória, a equipe suíça se fechou no ataque e conseguiu realizar boas finalizações aproveitando as falhas do rival. Depois de um afastamento sem sucesso de Fellaini, Serey Dié aproveitou a deixa para mandar um chutão de primeira, despertando a atenção de Romero.

Ligado, Sttefen se sobressaiu em bons lances. Após cobrança de falta, o atacante aproveitou a sobra e mandou um forte chute na direção do goleiro do United, que fez boa defesa. Na sequência, ele invadiu a área, fez o domínio com o pé esquerdo e bateu no cantinho, tirando tinta da trave. Aos 26 minutos do segundo tempo, os times haviam trocado de papel. Enquanto o Basel se mostrava mais forte, os Reds perderam a força. Na cara do gol, Oberlin chutou cruzado para se livrar de Romero, mas Rojo apareceu na hora certa para cortar e evitar o gol.

Com mais dificuldade para recuperar a bola do rival, Mourinho promoveu a entrada de Ibrahimovic no lugar de Martial, mas poucas mudanças aconteceram em campo. Serey Dié ainda arriscou um gol e viu Romero sair para espalmar. Após o chute, o volante caiu no gramado com dor muscular e acabou sendo substituído. Os times continuaram arriscando contra-ataques, até que finalmente Lang balançou as redes aos 44 minutos. Petretta bateu cruzado na pequena área e Lang pegou na segunda trave para garantir a vitória dos donos da casa. O United ainda tentou aproveitar os minutos de acréscimos, mas sem sucesso.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos