Bauza é demitido pela Arábia Saudita após dois meses no cargo

A passagem de Edgardo Bauza pela Arábia Saudita durou pouco mais de dois meses. Contratado em setembro, o treinador foi demitido após três partidas à frente da seleção. Agora, os árabes buscam um novo treinador para comandar a equipe na Copa do Mundo.

Foi a terceira seleção a demitir Bauza somente em 2017. Em agosto de 2016, o ex-treinador do São Paulo assumiu a Argentina e, com uma campanha ruim, foi demitido em abril deste ano. No mês seguinte, assumiu os Emirados Árabes, onde ficou até setembro.

Em três partidas à frente da Arábia Saudita, Bauza venceu a Letônia e perdeu para Portugal e Bulgária. Todas elas foram de caráter amistoso.

Bauza assumiu a Arábia Saudita no lugar de Bert van Marwijk, que levou a seleção à Copa do Mundo e, pouco tempo depois, foi demitido.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos