Topo

Esporte


Fagner quer Jô artilheiro, mas alerta: 'Tem que ser de uma forma natural'

22/11/2017 12h43

O Corinthians busca estabelecer metas para os dois últimos compromissos do ano. E uma é fazer de Jô o artilheiro do Campeonato Brasileiro, algo que o clube nunca teve em sua história. Um dos líderes do elenco, o lateral-direito Fagner está disposto a consagrar o atacante, mas fez um alerta.

- Ele ainda não falou nada (de pagar aposta por algum cruzamento), mas queremos ajudá-lo. Se ele conseguir ser o artilheiro, será a primeira vez na história do clube. É bacana. Mas tem de ser uma maneira natural, não todo mundo só tocando a bola para o Jô, porque pode atrapalhar - afirmou Fagner, em entrevista coletiva nesta quarta-feira.

- Se ficar pensando em só jogar para o Jô, você acaba atrapalhando. Tenho certeza de que ele vai continuar jogando da mesma forma, e nós também temos de pensar assim. Claro que se pudermos dar o gol para ele, vamos fazer isso. Mas se ele estiver marcado, não. Tem que ser de uma forma natural - acrescentou.

Jô atualmente divide a artilharia do Brasileirão com Henrique Dourado, com 18 gols marcados. O próximo compromisso do Timão será no domingo, contra o Atlético-MG, no jogo da entrega da taça.

Por conta da briga pela artilharia. Jô disse que iria pedir para jogar dois dos últimos três jogos do Corinthians no Brasileirão. Após o duelo com o Atlético-MG, o Timão se despede do campeonato diante do Sport, quando boa parte do elenco poderá ser poupada.

Mais Esporte