Dupla de Luis Fabiano no Sevilla, Kanouté faz parceria com time capixaba

  • Carlos Alvarez/Getty Images

A cidade de Vitória, no Espírito Santo, recebeu uma presença ilustre de um astro futebol mundial na última semana. Aposentado dos gramados desde 2013, Frédéric Kanouté, um dos maiores jogadores da história recente do Sevilla, esteve no Brasil para selar uma parceria entre a sua empresa, a 12 MANagament, que iníciou suas atividades em 2014 e o Porto Vitória, clube capixaba fundado no mesmo ano, que pretende invadir o cenário do Brasil e do mundo baseado na formação de jogadores.

Admirador do futebol brasileiro, o ex-jogador nascido na França e naturalizado malinês, revelou em entrevista ao LANCE! como a sua relação com brasileiros o aproximou de firmar a parceria com o time do Espírito Santo.

"Sempre gostei do futebol brasileiro, porque desde pequeno admiro a Seleção e sempre me agradou o estilo e as características dos jogadores brasileiros. Tenho um colega na 12 MANagament, que é brasileiro. Há dois anos ele me disse que conhecia uma academia de futebol especializada na formação de jovens jogadores, que era o Porto Vitória. Faz quatro anos que mantemos uma academia de futebol em países africanos como Mali e Zâmbia, ambas especializadas também na formação de jovens jogadores. A partir daí, abrir o mercado para o futebol brasileiro era um caminho lógico. Além disso, creio que com a minha experiência no futebol europeu, posso trazer muito para os jovens talentosos brasileiros e facilitar a integração nos clubes europeus", disse.

A história de Kanouté com os brasileiros é antiga e teve seu auge no Sevilla, entre 2005 e 2012, quando ao lado de Luis Fabiano, Daniel Alves, Adriano e Renato, venceu duas Copas da UEFA (atual Liga Europa), uma Copa do Rey, uma Supercopa da Espanha e uma Supercopa da Europa. Mais um ingrediente que aumentou a disposição do atacante em colocar sua empresa para trabalhar no país.

"Atuar com jogadores brasileiros de nível mundial fortaleceu minha vontade de trabalhar no Brasil. Quando era mais jovem, no Lyon, joguei com Sonny Anderson, que era um atacante muito bom. No Sevilla tive a sorte de jogar com jogadores excepcionais como Luis Fabiano, com o qual fazíamos uma dupla de ataque das melhores da Europa naquela época. Joguei com Daniel Alves, um dos melhores laterais direitos do mundo, assim como Adriano, também um dos melhores de sua posição. Não posso me esquecer do Renato, que para mim tem uma técnica e um talento excepcionais. Isso influenciou na minha vontade de trabalhar no Brasil. Creio que nosso conhecimento de futebol europeu e mundial pode ajudar os jovens talentosos de Porto Vitória a alcançarem seu melhor potencial", declarou.

E é justamente com o foco no desenvolvimento e na estruturação de sua categoria de base que consiste o projeto firmado entre Kanouté e a agremiação presidida por Vinícius Coelho, que contou ao LANCE! como conseguiu convencer um astro do futebol mundial a fechar parceria com um clube recém-fundado no Brasil.

"Essa parceria foi apresentada por um amigo nosso em comum que trabalha na 12 MANagament, ou seja, já nos conhecia, e com isso passou uma confiança maior para o Kanouté. Ele começou a nos seguir, viu como é a nossa infraestrutura, viu que em pouco tempo a gente conseguiu colocar atletas em grandes clubes do Brasil como Grêmio, Cruzeiro, Atlético-MG, Flamengo, Vasco, Bahia, Vitória, Ponte Preta, entre outros. Ele pôde ver que havia um trabalho bem feito, nos acompanhou, viu que além disso ele estava lidando com pessoas sérias, porque no futebol há essa dificuldade, não só no Brasil como no mundo. Eu fui para a Europa com um atleta que ele levou para o Gent, da Bélgica, e para o Málaga. Nessa viagem nós nos encontramos em Lyon, nos aproximamos. Isso já faz um ano, nesse período trocamos informações sobre o que fazemos no clube, ele se interessou cada vez mais, até chegar a formalizar essa parceria", explicou Vinícius.

Apesar de, em menos de quatro anos, já ter revelado jogadores para alguns clubes tradicionais do Brasil e ter levado atletas para agremiações na Europa, o Porto Vitória também busca investimento no seu Centro de Treinamento, para continuar com o projeto. O mandatário capixaba pensa que o projeto com a 12 MANagament possa ajudar também nesse objetivo.

"Nós queremos que essa parceria com a empresa 12 MANagament seja bastante duradoura, já está rendendo frutos e que abra portas de clubes renomados na Europa. Temos um atleta no Red Bull Salzburg, mas também um dos objetivos dessa parceria é trazer um investidor para o clube, um investidor internacional que possa investir em nossa estrutura, construir um CT de nível internacional com todas as dependências que são exigidas em um CT como alojamento, cozinha industrial, centro médico, ou seja, algo que nos dê capacidade de revelar jogadores para a Europa", afirmou o dirigente.

Kanouté fez questão de dizer que a parceria não se baseia apenas no desenvolvimento esportivo, mas também no crescimento pessoal de cada jogador que passar pelo clube neste período.

"Vamos tentar desenvolver workshops e atividades para que jovens possam crescer também fora de campo e isso é muito importante, porque é preciso desenvolver não só o aspecto técnico, mas também o aspecto mental e educacional, assim creio que podemos ajudar muito nesse âmbito. Para os mais talentosos entre eles, a 12 MANagament, pode também facilitar a integração entre os clubes europeus e brasileiros e vamos fazer um acompanhamento de todos os jogadores. Graças a nossa rede de contatos, poderemos dar mais oportunidades de encontrarem um clube na Europa e no Brasil", finalizou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos