Topo

Esporte


Robinho é condenado a nove anos de prisão por violência sexual

23/11/2017 15h22

O atacante Robinho, que atualmente defende o Atlético-MG, foi condenado pela nona seção do Tribunal de Milão a nove anos de prisão por "violência sexual em grupo" contra uma mulher albanesa de 22 anos. De acordo com o portal italiano La Gazzeta Dello Sport, o ato criminoso teria acontecido em uma boate na cidade no dia 22 de janeiro de 2013. Neste período, Robinho atuava no Milan (ITA).

Mais Esporte