Yago destaca evolução em campo e busca por titularidade no Atlético

Apesar de ter carimbado o banco de reservas durante boa parte da temporada, o volante Yago vem sendo bem utilizado pelo técnico Oswaldo de Oliveira. Neste ano, o jogador de 22 anos participou de 39 partidas, sendo 26 delas como titular. Desde a chegada do novo treinador, Yago tem aumentado sua produtividade em campo e garante dedicação para continuar recebendo elogios.

- Importante essa sequência de jogos que eu venho entrando, tendo oportunidade. É sempre muito bom ganhar elogios de um treinador como o Oswaldo, um cara experiente, vencedor. É procurar manter o que eu fazia com os outros treinadores (Roger Machado e Rogério Micale). É a mesma coisa: trabalhar, me empenhar, me dedicar, para buscar esse reconhecimento dentro do clube - disse o volante durante entrevista coletiva.

Em 12 jogos no comando do Atlético-MG, Oswaldo promoveu a entrada de Yago em cinco partidas, sendo duas como titular. Atualmente, ele é substituto direto de Adilson, que vem sofrendo recorrentemente com desgaste muscular. De olho no crescimento da joia, o técnico alvinegro tem destacado o trabalho do jogador desde a vitória por 3 a 1 no clássico contra o Cruzeiro. Confiante, Yago passou a receber mais oportunidades e já sonha com a titularidade permanente, mantendo o respeito com seu companheiro Adilson.

- Respeitando muito o Adilson, que é um excelente profissional, um cara que eu admiro muito. Tenho um respeito muito grande por ele. Quem o professor Oswaldo optar para esta partida, vai estar preparado para fazer o melhor para o Atlético. Todo mundo está no mesmo barco, remando para buscar essa Libertadores, que é de extrema importância para o nosso ano - afirmou.

Como consequência da quantidade de jogos que disputou nesta temporada, Yago teve períodos de oscilação e precisou manter a calma para aprender a lidar com as cobranças da torcida atleticana e até da diretoria. Com mais experiência, o volante destacou que cada jogador tem seu período de amadurecimento, citando Gabriel Jesus, de apenas 20 anos, que atualmente defende o Manchester City e a Seleção Brasileira.

- Procuro sempre evoluir. Cada jogador evolui de uma forma. Tem uns que estouram mais rápido, tem outros que demoram mais, tem outros que são fenômenos, como o Gabriel Jesus. Mas cada caso é um caso. Eu procuro, em cada treinamento, dar meu máximo, procurar evoluir o que posso evoluir, que são muitas coisas. E eu tenho consciência disso. A cobrança, a impaciência é normal, porque o torcedor quer o melhor para o clube - finalizou.

Enquanto isso, o Atlético-MG dá sequência à sua preparação na Cidade do Galo visando o duelo contra o campeão Corinthians, que acontece às 17h deste domingo, no Mineirão. A partida, que será realizada no Itaquerão, é válida pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro e pode aproximar o Alvinegro da classificação para a Libertadores de 2018.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos