Após perder D. Alves, Rueda pede apoio a Muralha: "Temos que dar 2ª chance"

  • Thiago Ribeiro/AGIF

    Técnico Reinaldo Rueda pediu apoio ao goleiro Muralha

    Técnico Reinaldo Rueda pediu apoio ao goleiro Muralha

Em tom sincero e humilde, o técnico Reinaldo Rueda pediu o apoio dos torcedores do Flamengo ao goleiro Alex Muralha após a vitória de 2 a 1 sobre o Junior Barranquilla, nesta quinta-feira, no Maracanã. O treinador chegou a filosofar um pouco a sair em defesa do reserva de Diego Alves. O titular sofreu uma fratura na clavícula e não atua mais neste ano.

"Hoje, precisamos mais do que nunca do apoio da torcida, temos que apoiar a todos. Muralha está trabalhando muito bem. Deus premia os homens bons. Agora é tocar a oportunidade. Em algum momento falei com alguns torcedores, os torcedores tem que seguir apoiando o Flamengo até a morte, são rubro-negros desde que nasceram. Estamos juntos, temos jogadores com bom comportamento, com grande esforço. Temos que dar uma segunda oportunidade a todos", ponderou.

Quando Diego Alves sofreu a contusão, a torcida lamentou no Maracanã. Rueda, porém, prontamente pediu calma e apoio por parte dos torcedores, fazendo gestos com as mãos.

O treinador rubro-negro valorizou muito o resultado positivo conquistado nesta quinta-feira. Ele lembrou da dificuldade de sair atrás do placar e enumerou elogios.

"Foi uma vitória importante diante de um rival complicado. A equipe demonstrou caráter e hombridade, tomamos um gol muito rápido, mas creio que a reação foi muito boa. Tenho que exaltar o time, a união que a equipe teve, o caráter... Esses jogos são intensos e difíceis", comentou.

Mesmo com a vantagem de jogar pelo empate no jogo da volta, na próxima quinta-feira, na Colômbia, Rueda não quer pensar numa igualdade.

"O jogo de volta vai ser igual de difícil. Temos que pensar em fazer um jogo inteligente, em jogar bem, não pensar em empate, em fazer um bom jogo e buscar o resultado. Temos que ser inteligentes para administrar esta vantagem", disse o técnico.

Por fim, Rueda disse que o Flamengo deve ter uma postura um pouco diferente na Colômbia, com alguns acertos para garantir a classificação.

"Vamos buscar um time mais agressivo na quinta-feira em Barranquilla, tanto na circulação de bola quanto de recuperação. Temos que melhorar a finalização. Mas já melhoramos bastante. No domingo anterior fizemos três gols, hoje mais dois gols", lembrou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos