Escritório de Andrés é assaltado; advogado crê em ligação com eleição

No mesmo dia que lançou sua candidatura à presidência do Corinthians, no feriado de 15 de dezembro, Andrés Sanchez teve seu escritório assaltado. O local fica no Tatuapé e foi invadido por ladrões, que levaram quatro notebooks e desprezaram outros objetos de valor.

A informação é da Rádio Bandeirantes, que ainda conversou com o advogado de Andrés, João Oliveira. De acordo com ele, o crime pode estar relacionado com a eleição no Corinthians. O furto foi registrado no 52º DP, no Parque São Jorge, a e a Polívia Civil analisa imagens de câmeras de segurança.

O advogado também citou outro crime que aconteceu na mesma semana: invasão à casa da responsável pelo Omni Group, que cuida da venda de ingressos do Fiel Torcedor, programa de sócios do clube, do estacionamento da Arena Corinthians e do teatro no Parque São Jorge.

Segundo o advogado, os ladrões levaram apenas computadores e deixaram joias e dinheiro. Até o momento, ninguém foi preso pelos crimes.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos