Corinthians encerra negociação com Pablo, que não atua mais pelo clube

Chegou ao fim de maneira conturbada a passagem do zagueiro Pablo pelo Corinthians. Neste sábado, a diretoria do Timão veio a público para comunicar que as negociações para contratação do zagueiro foram encerradas e ele não atua mais pelo clube. O defensor nem sequer participou do treino aberto na Arena nesta manhã e perderá o jogo da entrega da taça de campeão brasileiro, neste domingo contra o Atlético-MG. Pedro Henrique entra em seu lugar.

A negociação entre Corinthians e o zagueiro se arrasta desde o fim do Campeonato Paulista. Ele está emprestado até o fim deste ano pelo Bordeaux (FRA), com quem o Timão já havia se acertado para a compra, pagando cerca de R$ 11 milhão. Mas com o jogador não houve acordo e isso irritou os dirigentes. A cúpula criticou a pedida do jogador e seu representante nas tratativas.

- Ele (Pablo) pediu algo que o Corinthians não poderia nem gostaria de pagar. Que ele seja feliz. O torcedor sabe que fizemos tudo. Pediu algo que está acima da história dele no clube - afirmou o diretor de futebol Flávio Adauto, após o treino aberto na Arena Corinthians neste sábado.

- Encerramos ontem as negociações com o não deles e não nosso. Foram muito desgastantes. Ponto final. A pedida não condiz com o que queremos para o Corinthians. Agradecemos o trabalho, mas seguimos em frente - completou o gerente de futebol Alessandro.

Corinthians e Pablo chegaram a dar o acordo como praticamente certo quando voltaram a conversas nos últimos dias. As partes, no entanto, nunca concordaram com a forma de pagamento das luvas para assinatura de contrato. Enquanto o jogador gostaria de receber tudo à vista, a diretoria propôs diluir durante os quatro anos de contrato que foi oferecido. Não houve acordo.

O zagueiro chegou ao clube este ano emprestado e logo se consolidou como titular absoluto da zaga nas conquistas do Paulista e do Brasileiro. Ele não atuará nas duas últimas rodadas do Brasileiro, contra Atlético-MG e Sport. Disputou 51 jogos pelo Timão e marcou dois gols.

Agora, a diretoria sai em busca de peças de reposições. Flávio Adauto confirmou que precisará contratar jogadores para a posição. Um nome cotado era de Marllon, atualmente da Ponte Preta. Os dirigentes, porém, negaram que haja acordo com ele neste sábado.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos