São Paulo faz feio e registra sua pior campanha como visitante

O São Paulo derrotou o Coritiba no último domingo e pode até conquistar uma vaga na Copa Libertadores do ano que vem se vencer o Bahia na última rodada e contar com uma série de outros resultados. Mesmo assim, o desempenho na temporada 2017 é para ser apagado da memória dos tricolores. Além do sufoco vivido durante quase todo o Brasileirão para se livrar do fantasma do rebaixamento, o clube do Morumbi registrou sua pior campanha como visitante na era dos pontos corridos com 20 clubes, disputado desde 2006.

O levantamento feito pelo LANCE! mostra que o São Paulo conseguiu apenas 26,3% dos pontos disputados fora de casa nesta edição da Série A. O Tricolor venceu quatro partidas (Botafogo, Vitória, Atlético-GO e Coritiba), empatou três (Sport, Avaí e Vasco) e foi derrotado 12 vezes (Cruzeiro, Ponte Preta, Corinthians, Atlético-PR, Flamengo, Santos, Chapecoense, Bahia, Palmeiras, Atlético-MG, Fluminense e Grêmio). A equipe fez 19 gols e levou 31, o que dá um saldo de negativo de 12.

Para se ter uma ideia do quão ruim são os números do Tricolor fora do Morumbi ou do Pacaembu (onde mandou cinco jogos no campeonato), o lanterna Atlético-GO, rebaixado para a Segundona com três rodadas de antecedência, possui aproveitamento de 31,5% dos pontos disputados nesta edição do Brasileirão.

Desde que a Série A passou a ser disputada no atual formato - pontos corridos com 20 clubes -, o São Paulo nunca havia tido aproveitamento inferior a 30% nos jogos fora de casa. Outras campanhas, como a dos dois últimos anos, também foram ruins e chatearam o torcedor. Nada, porém, comparado com o desempenho desta temporada.

O melhor ano do Tricolor como visitante aconteceu na temporada 2007, quando o time dirigido por Muricy Ramalho conquistou dez vitórias, cinco empates e foi superado apenas quatro vezes. A campanha garantiu um aproveitamento de 61,4% ao time, que, na época, levantava o pentacampeonato nacional.

Veja a lista do desempenho do Tricolor como visitante no atual formato do Brasileirão:

2017 - 4 vitórias, 3 empates e 12 derrotas - 26,3% de aproveitamento

2016 - 5 vitórias, 5 empates e 9 derrotas - 35% de aproveitamento

2015 - 6 vitórias, 2 empates e 11 derrotas - 35% de aproveitamento

2014 - 9 vitórias, 4 empates e 6 derrotas - 54,3% de aproveitamento

2013 - 6 vitórias, 5 empates e 8 derrotas - 40,3% de aproveitamento

2012 - 5 vitórias, 4 empates e 10 derrotas - 33,3% de aproveitamento

2011 - 7 vitórias, 5 empates e 7 derrotas - 45,6% de aproveitamento

2010 - 5 vitórias, 7 empates e 7 derrotas - 38,6% de aproveitamento

2009 - 6 vitórias, 5 empates e 8 derrotas - 40,3% de aproveitamento

2008 - 7 vitórias, 8 empates e 4 derrotas - 50,8% de aproveitamento

2007 - 10 vitórias, 5 empates e 4 derrotas - 61,4% de aproveitamento

2006 - 8 vitórias, 8 empates e 3 derrotas - 56,1% de aproveitamento

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos