Ponte Preta deve rescindir contrato com Rodrigo, após expulsão

O zagueiro Rodrigo, que tem vínculo com a Ponte Preta até dezembro de 2018, não deve retornar ao clube após a expulsão no último domingo. Oficialmente, a Macaca anunciou na tarde desta terça-feira que o zagueiro foi liberado dos treinos dessa semana.

- A Ponte informa que o zagueiro Rodrigo foi liberado dos treinos desta semana - o time se reapresenta na quarta. A diretoria e o empresário do jogador estão definindo a situação do atleta - comunicou a assessoria de imprensa da Ponte.

Rodrigo ainda não se pronunciou sobre a expulsão e nem pelas "dedadas" em Tréllez. A partida foi marcada por contornos dramáticos com a virada do Vitória, que aproveitou a vantagem de um jogador a menos para controlar o jogo. O resultado, rebaixou a Ponte Preta para a Série B de 2018.

Companheiro de zaga, Luan Peres foi tirar satisfação com o jogador e o próprio Vanderlei Pereira condenou a postura do zagueiro e classificou a expulsão como "infantil".

O veterano de 37 anos não tem clima para continuar na Macaca. A expectativa é que além dele, outros jogadores como Lucca, Marllon, Fernando Bob, Renato Cajá e Emerson Sheik, já sejam liberados do último jogo do Brasileirão, domingo, às 17h, contra o Vasco, em São Januário.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos