De Gea brilha, United segura pressão e vence o Arsenal em Londres

O placar de 3 a 1 para o Manchester United contra o Arsenal no Emirates Stadium não traduz a intensidade do time da casa no confronto. Em um jogo agitado o tempo todo e com os visitantes tentando se defender de todo jeito, destaque para a atuação brilhante do goleiro David De Gea. Os gols da partida foram marcados por Antonio Valencia e Jesse Lingard, duas vezes, e Alexandre Lacazette descontou.

Com esse resultado, o United chega aos 35 pontos na segunda posição e torce por uma derrota do líder Manchester City para diminuir a diferença. Já os Gunners estão com 28, na quinta colocação.

O United entrou com tudo em campo, se mostrou ambicioso e foi para cima, precisando de 11 minutos para construir uma ótima vantagem. Aproveitando dois grandes erros dos comandados de Arsène Wenger, o time de José Mourinho conseguiu fazer seus gols.

Primeiro, aos quatro minutos, Koscielny vacilou na virada de jogo, Valencia recuperou, tabelou com Pogba e chutou rasteiro por baixo das pernas de Cech. Depois, aos 11, Mustafi cochilou e perdeu a bola. Lukaku pegou, passou para Martial, que girou e tocou para Lingard marcar.

Os Gunners criaram ótimas oportunidades depois de ficarem em desvantagem, mas, além do azar na pontaria, ainda pararam em tarde muito inspirada do goleiro De Gea. Foram 14 finalizações dos donos da casa contra apenas cinco dos visitantes.

O Arsenal voltou com outra postura para o segundo tempo e finalmente conseguiu furar o bloqueio dos Red Devils. Aos quatro minutos, Sánchez conseguiu um passe espetacular por cima da defesa, Ramsey dominou, a bola escapou, mas Lacazette chegou chutando com raiva para descontar.

Superioridade definia os londrinos, que continuavam dando trabalho no ataque. Porém, seu rival foi fatal e fez valer a máxima de quem não faz, leva. Aos 18 minutos, Pogba fez belíssima jogada pelo lado direito e só passou para Lingard empurrar para o gol e marcar o terceiro do Manchester. O jogador francês ainda foi expulso aos 29 minutos com um vermelho direto.

Com um a mais, a equipe de Wenger foi ainda mais para cima e selou o confronto entre ataque e defesa, passando praticamente todo tempo restante no perto de De Gea. Darmian ainda fez uma falta em Welbeck dentro da área, mas o árbitro não assinalou o pênalti.

Agora, o Manchester United se prepara para encarar o CSKA na Liga dos Campeões, na próxima terça-feira, às 17h45 (de Brasília). Já pelo Campeonato Inglês, o confronto será um clássico contra o Manchester City, no Old Trafford, no domingo. Do outro lado, o Arsenal recebe o BATE, na quinta-feira, pela Liga Europa e visita o Southampton no domingo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos