Mãe de Brenner revela a ansiedade do filho para estrear no Morumbi

Quando criança, o garoto Brenner acostumou-se a sentar em frente ao televisor de sua casa para vibrar com os feitos de Rogério Ceni, Lugano, Hernanes e companhia vestindo a camisa do São Paulo no Morumbi lotado. Tricolor desde o berço, o menino sonhava em repetir as façanhas dos ídolos e ter seu nome gritado pelos torcedores. Talentoso, o atacante contou com certa generosidade do destino e, neste domingo, realizará o sonho de infância: jogar no Morumbi defendendo as cores do clube de coração.

Para quem acompanha a jornada de Brenner desde muito antes da fama, a concretização do sonho tem sabor especial. Cristiane Souza, mãe do pupilo tricolor, não estará no Morumbi na tarde do próximo domingo para acompanhar de perto seu filho em ação contra o Bahia. Apesar de morar em Cuiabá - cidade distante mais de 1.300 km da capital paulista -, a são-paulina não vê a hora em que o telão e os alto-falantes do estádio anunciarão o nome do camisa 35 da equipe de Dorival Júnior.

- Estamos em uma expectativa muito grande para esse momento. Queria muito estar lá e participar da alegria dele. Estou muito feliz pelo meu filho. Aqui em casa, somos todos são são-paulinos muito antes do Brenner jogar em Cotia. Durante essa semana nós conversamos e ele comentou sobre a possibilidade de iniciar como titular e também do quanto estava ansioso por isso. Será a realização de um sonho para ele e também para nós. Converso muito com ele e a gente tem o máximo de cuidado para que nada venha a atrapalhá-lo, conta a orgulhosa mãe do atacante ao LANCE!.

A ocasião será mais especial ainda porque o Morumbi certamente estará lotado. Afinal, por ser o último jogo da temporada, a diretoria tricolor resolveu homenagear os torcedores pelo que fizeram ao longo de 2018 e colocou à venda ingressos por apenas R$1 para alguns setores. De acordo com Cristiane, a ocasião é mais do que perfeita para Brenner fazer seu primeiro gol como profissional e correr para os braços da torcida.

- O Brenner cresce em jogo importante, em jogo decisivo. Não é porque eu sou mãe, não, mas meu filho é muito talentoso. Foi artilheiro em todo campeonato que disputou e acho que no domingo ele vai fazer o primero gol com a camisa do São Paulo. Ele merece isso, pois abriu mão de muita coisa para viver esse sonho, afirmou.

Mesmo que o gol não saia, a experiência já vai ter valido a pena para o garoto. Afinal, com o centroavante Pratto lesionado e com o reserva Gilberto liberado para seguir seu futuro em uma outra equipe, a titularidade caiu nos colos de Brenner. No passado, o garoto se emocionou com a recepção da torcida. Desta vez, porém, ele terá a possibilidade de retribuir a alegria para os mais de 60 mil torcedores que o acompanharão das arquibancadas.

- No ano passado, o São Paulo venceu a Taça BH e o Brenner e os outros garotos do time foram ao Morumbi durante um jogo apresentar a taça para a torcida no intervalo. Ele gostou muito da experiência e me ligou dizendo que tinha ficado emocionado. Aquilo serviu para ele focar ainda mais no objetivo dele. Ele ama o São Paulo e vai se entregar pelo time. Ele é assim desde criança, relata Cristiane, que se prepara para mudar com o restante da família para a capital paulista no ano que vem, onde poderá acompanhar a carreira do seu filho mais de perto.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos