Dia de redenção! Em São Januário, Vasco duela por vaga na Libertadores

São Januário é a casa do Vasco. Um estádio com muita história e que já deu diversas glórias em campo ao Cruz-Maltino. Neste domingo, às 17h (de Brasília), contra a Ponte Preta, tem a chance de novamente fazer a equipe conquistar o seu objetivo - vaga na Libertadores -, depois de um conturbado ano. O site do LANCE! transmite em tempo real, com pré-jogo a partir das 15h.

O ano de São Januário não foi fácil. No início do Campeonato Brasileiro foi considerado um trunfo para a busca das vitórias. A confusão de torcedores no jogo com o Flamengo, em julho, prejudicou o Complexo Esportivo, que acabou sendo interditado e liberado somente após obras. Retornou com jogos de portões fechados, ainda foi preterido por questões políticas, chegando hoje ao dia de redenção e festa vascaína.

A expectativa é a de que São Januário tenha carga de ingressos esgotada. Os torcedores do Vasco preparam uma grande festa, desde a recepção do ônibus até o apito final do árbitro. Assim como o time no início da temporada, o estádio foi ganhando em importância na reta final e transformado no conhecido Caldeirão, que vira uma espécie de 12 jogador cruz-maltino em campo.

Diante dos cenários, o Vasco pode terminar hoje o ano de uma forma que poucos poderiam acreditar. Inclusive, caso vença a Ponte Preta e o Flamengo não ganhe o Vitória, fora de casa, o Cruz-Maltino consegue a classificação direta para a fase de grupos do torneio sul-americano. A redenção foi total de todos os envolvidos no trabalho em São Januário para que chegasse ao último jogo com real possibilidade de vaga. E com merecimento no fim.

O ANO DE SÃO JANUÁRIO

Trunfo no início

No começo do Campeonato Brasileiro, São Januário foi considerado como um trunfo do Vasco para a busca dos objetivos. O time conseguia os resultados que queria dentro de seus domínios, ponto que fora do Rio de Janeiro, na época, tropeços dominavam.

Confusão com o Fla

Em julho, no Clássico dos Milhões, o Vasco saiu derrotado em São Januário e após a partida, uma confusão dos torcedores fez com que o time perdesse seis mandos de campo e o estádio ainda fosse interditado, o que prejudicou bastante a equipe.

Portões fechados

No fim da punição pelo STJD, o Vasco conseguiu em recurso jogar com portões fechados em São Januário. A torcida do Vasco, sempre mostrando a sua força, compareceu nos arredores do estádio e fez barulho suficiente para passar energias aos jogadores.

Preterido na eleição

Depois do término da penalidade, o Vasco preteriu São Januário e passou a mandar seus jogos no Maracanã. A atitude durou o período da eleição do Conselho Deliberativo do clube. Nos jogos fora do estádio, empates prevaleceram.

Redenção

Nos últimos jogos, a torcida teve a chance de voltar a acompanhar o Vasco em São Januário e conseguiu dar a força que precisava para a equipe nesta reta final na busca da vaga na Libertadores. Teve mosaico e hoje promete mais festa.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos