Torcida do Botafogo protesta e entra em confronto com a polícia no Nilton

Depois de deixar a vaga na Libertadores escapar com o empate em 2 a 2 com o Cruzeiro, a torcida do Botafogo voltou a protestar contra o time na saída do portão Norte do Estádio Nilton Santos. Bruno Silva, Roger e até mesmo o técnico Jair Ventura foram alvos de xingamentos por parte dos alvinegros, que entraram em confronto com a polícia que fazia a segurança do local.

Bombas de efeito moral e bala de borracha foram utilizadas pelo policiamento para tentar segurar o ânimo dos botafoguenses. Nenhum torcedor foi detido no final do jogo. Até pelo clima tenso, os jogadores não falaram na zona mista e saíram pelo portão do Setor Oeste. Alguns deles, como Gatito Fernández e Dudu Cearense, pararam para conversar com a torcida na saída do estádio.

O Botafogo terminou o Brasileirão na 10ª posição, com 52 pontos somados e fora da classificação para a Libertadores.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos