Suárez, sobre Paulinho: 'Calou muitas bocas e está em nível altíssimo'

A temporada do Barcelona, líder do Campeonato Espanhol e do Grupo D da Liga dos Campeões, tem sido espetacular. Nesta terça-feira, por exemplo, só cumpre tabela diante do Sporting, em casa, uma vez que já está garantido como líder e às oitavas de final da Champions.

Para chegar ao alto nível de exibições, o clube blaugrana tem contado com uma peça de sucesso improvável para muitos, mas que "calou muitas bocas". Trata-se de Paulinho. Em entrevista ao jornal "Marca", Luis Suárez elogiou o volante da Seleção Brasileira, contratado por 40 milhões de euros (cerca de R$151 milhões) junto ao chinês Guangzhou Evergrande.

- Vieram outros jogadores que ajudam muito, como Deulofeu, que se formou no clube. E também Paulinho, que calou muitas bocas e está rendendo em um nível altíssimo desde que chegou, é um dos capitães do Brasil. Dembélé teve o azar de se lesionar no começo, mas quando estiver bem veremos como surpreenderá a muitos. Agora se especula muito sobre jogadores que podem vir e com outros que podem sair, mas nós nos mantemos alheios a isso - disse.

No longo bate-papo com o diário de Madri, Suárez também foi abordado sobre o amigo Neymar, antigo companheiro de Barça. Para o uruguaio, Neymar não deve deixar o Paris Saint-Germain em uma hipotética negociação com o Real Madrid. Além disso, falou sobre a decisão do brasileiro em ir para o PSG.

- Sinceramente, não o vejo. Sei como é Neymar, e a admiração que tinha pelo Barcelona e pelos companheiros. Não o vejo agora indo jogar no Real Madrid - comentou o camisa 9.

- Ney já é uma pessoa madura e tomou a decisão (de ir para o PSG) com plena consciência. Tenho certeza que ele fez isso, mas fez com muita dor, pois estava feliz aqui (no Barcelona). A decisão foi dele e da família, não cabe a ninguém julgar. Não há reprovação, só muito carinho e admiração por tudo que ele fez pelo clube e pela relação que tivemos nos últimos anos.

Por fim, Luisito falou sobre a sua atual fase, distante da artilheira das últimas temporadas, mas que deu uma aliviada após o gol no jogo passado, diante do Celta, pelo Campeonato Espanhol, no empate em 2 a 2.

- Eu sou muito autocrítico comigo mesmo e me sinto mal quando não marco. Mas o importante é ajudar a equipe e, se eu estou fisicamente bem ou tenho jogado bem, estou satisfeito. Fico com raiva quando não posso ajudar o time.

Com vínculo até junho de 2021, Suárez soma seis gols em 18 jogos nesta temporada. Diante do Sporting, o centroavante terá a oportunidade de ampliar a média. O jogo será realizado no Camp Nou, às 17h45 (de Brasília).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos