Barça vence Sporting e avança como líder e invicto; Juve também passa

O Barcelona fez o papel de casa e, nesta terça-feira, pela última rodada do Grupo D da Liga dos Campeões, venceu o Sporting. E foi de forma apertada, principalmente por ter poupado titulares e só utilizar Messi e Paulinho na reta final do jogo. O triunfo no Camp Nou se deu por 2 a 0, com gols de Alcácer e Mathieu (contra) - que, curiosamente, é um antigo jogador blaugrana.

A vitória deixa o Barcelona com 14 pontos, na primeira posição isolada e ainda invicto. Logo atrás vem a Juventus, que confirmou o favoritismo e, após vencer o Olympiakos (leia mais no rodapé), terminou com 11 e na segunda posição. O Sporting, por sua vez, fica em terceiro e se garante na Liga Europa.

O JOGO

As ausências de Messi e Iniesta, principalmente, evidenciaram uma equipe pouca inspirada na criação. Apesar de não ter diversos titulares, o time culé teve volume e passou boa parte do primeiro tempo no campo de defesa do Sporting, que, por sua vez, não ameaçou a meta do jovem Cillessen.

Já do outro lado, o goleiro Rui Patrício, titular da seleção portuguesa, foi obrigado a trabalhar em finalização frente a frente de Luis Suárez. Após o intervalo, Ernesto Valverde "apelou" e chamou Messi. Antes de o argentino entrar, Alcácer aproveitou escanteio de Denis Suárez e cabeceou para a rede, deixando a torcida ainda motivada para a entrada do argentino.

O Sporting até tentou sair da Espanha com um resultado melhor. Jorge Jesus promoveu as entradas dos principais trunfos ofensivos, o goleador Bas Dost e o insinuante Gelson Martins, mas voltou para casa de mãos abanando. Paulinho foi outro acionado na reta final, marcada por boas jogadas de Messi e uma "lei do ex ao contrário", já que Mathieu jogou contra o próprio patrimônio.

COM TOQUE BRASILEIRO, JUVE VENCE E TAMBÉM AVANÇA

Agora líder do Campeonato Italiano, após conquistar um eloquente triunfo diante do Napoli, no San Paolo, a Juventus entrou de peito estufado para enfrentar o Olympiakos, no Estádio Karaiskákis. Não deu outra: venceu por 2 a 0, com gols de Cuadrado e Bernardeschi, além de assistência de Alex Sandro, e se garantiu nas oitavas de final como segundo colocado do Grupo D.

Dybala teve boa chance de abrir o placar, mas parou no goleiro rival. Até que, aos 15 minutos, após muita pressão, Cuadrado saudou a rede depois de boa jogada lateral de Alex Sandro. O colombiano só teve o trabalho de escorar.

A segunda etapa teve como característica uma blitz dos gregos para cima da Velha Senhora, que conseguiu administrar a apertada vantagem até o fim. E, para melhorar, a ampliou, com Bernardeschi, que saiu do banco para decidir.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos