Negociação chega ao fim e Artur está fora dos planos do São Paulo

Desejo do técnico Dorival Júnior e do presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, para a próxima temporada, o volante Artur não se reapresentará ao São Paulo no dia 3 de janeiro do ano que vem. O Columbus Crew, dos Estados Unidos, exerceu sua preferência de compra prevista em contrato e deve desembolsar pouco mais de US$ 1,5 milhão (R$ 4,84 milhões) por metade dos direitos econômicos do atleta revelado em Cotia. A assinatura do novo contrato está prevista para esta quarta (6).

Emprestado ao clube da MLS (Major League Soccer) no início desta temporada, o jovem meio-campista, de apenas 21 anos, tinha contrato até o fim deste mês. Peça-chave da equipe que chegou à decisão da Conferência Leste do principal torneio de futebol dos Estados Unidos, Artur estava na mira do Tricolor, mas os norte-americanos não o deixaram retornar ao Morumbi.

As negociações se estenderam mais do que o previsto, pois o São Paulo esperava dificultar a transação e contar com o volante para o elenco do ano que vem. Como os cartolas do Columbus abriram os cofres e pagaram o estipulado em contrato, os tricolores nada puderam fazer.

O volante está na capital paulista e deve se reunir com seus representantes nesta quarta para assinar seu novo vínculo. O clube do Morumbi manteve uma porcentagem dos direitos do meio-campista, mas ainda não foi revelada por conta de uma cláusula de sigilo prevista no contrato.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos