Bruno Silva empolga torcida celeste: 'É um sonho jogar em Belo Horizonte'

Neste sábado, o volante Bruno Silva voltou a dar indícios de que o futuro será mesmo longe do Botafogo e que o Cruzeiro deve ser o destino do meio-campista em 2018. Em entrevista à Rádio Itatiaia, ele exaltou a Raposa e disse da 'dívida' que tem com a família, mineira de Nova Lima, e prometeu a raça habitual.

- O pessoal (da família) já me liga e pede camisa do Cruzeiro. Nem tenho a camisa do Cruzeiro ainda. Se for o Cruzeiro o meu destino, ficarei muito honrado e feliz. Se eu fechar aqui, vocês verão o mesmo Bruno de 2017. É um time multicampeão e é um sonho jogar em Belo Horizonte - comentou Bruno, que fez 60 jogos neste ano e nove gols. Ele foi o vice-artilheiro do time na temporada e o segundo jogador que mais atuou.

Aos 31 anos e com passagens por Chapecoense, Ponte Preta, Bahia, Avaí e Atlético-PR, ele disputou a Libertadores pela primeira vez só nesta temporada, o que lhe deixou com gostinho de quero mais e por isso, também, vê com bons olhos a proposta do Cruzeiro, que ofereceu uma quantia não revelada ao jogador e mais alguns atletas.

Ele crê que o negócio terá um desfecho nesta semana. O Internacional é outro clube interessado no volante. Apesar do contrato dele ter uma rescisão de R$ 20 milhões, há boas chances do Glorioso liberá-lo por menos.

- É um campeonato que joguei pela primeira vez e gostei muito. É um estilo de jogo corrido, pegado. Acho que isso pode pesar muito no final. Sou grato ao Botafogo, mas meu sonho é jogar a Libertadores, e o Cruzeiro vai jogar a Libertadores, como joguei com o Botafogo neste ano. Acho que teremos um desfecho nesta semana - concluiu.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos