Bruno Silva faz balanço pessoal e coletivo de 2017: 'Fizemos história'

Foram 60 jogos na temporada, nove gols e oito assistências. Estes números resumem o 2017 do volante Bruno Silva, que encerrou o ano como vice-artilheiro do Alvinegro e segundo atleta com mais atuações pelo Glorioso, mas não beliscou o títulos.

Entretanto, ele saiu satisfeito com o seu desempenho e garante: deixará o ano na memória, apesar de ter caído em desgraça com a torcida neste fim de ano após o gesto de que 'iria embora'.

- Foi o ano em que mais atuei na carreira. Superei as 52 partidas do ano passado, tive muito destaque mesmo sendo um volante e ciente que minha função inicial é auxiliar no sistema defensivo. Só não digo que foi um ano perfeito, pois ficou faltando nossa classificação para Libertadores, pois tínhamos essa expectativa e gostamos muito de disputar a competição - analisou o volante, aos 31 anos, e alvo de Cruzeiro e Internacional.

O meio-campista também analisou a temporada do Botafogo, que surpreendeu o Brasil ao chegar às quartas de final da Libertadores e às semifinais da Copa do Brasil. Por isso, ele crava: o Alvinegro fez história.

- Foi um ano de muitos jogos decisivos e passamos bem pela maioria. Chegamos nas quartas da Libertadores e na semifinal da Copa do Brasil. Acredito que fizemos história, principalmente porque muitos não acreditavam na gente. Times com mais investimento não tiveram a nossa trajetória. Fomos regular durante boa parte da temporada e o nosso momento de oscilação, na reta final, nos custou, infelizmente, a saída do G-9 - opinou.

Prêmio individuais

Nesta temporada, Bruno Silva entrou na seleção da Série A da CBF e recebeu o Troféu Mesa Redonda, da TV Gazeta.

- Esses prêmios individuais que recebi foram reconhecimento de todo o meu esforço. Me dediquei muito nos treinos e jogos para ter um ano brilhante e o fato de ter sido vice-artilheiro do time, mesmo sendo um volante, ajudou muito. É preciso valorizar todo suporte da comissão técnica e dos meus companheiros nessas minhas conquistas, pois sem a ajuda deles não conseguiria - concluiu.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos