Convivendo com lesões, Fabuloso deixa a desejar em 1º ano no Vasco

Contratado como principal reforço do Vasco para a temporada, Luis Fabiano não conseguiu corresponder em campo às expectativas depositadas pelos torcedores cruz-maltinos. Sofrendo com lesões em 2017, o atacante pouco jogou no ano, principalmente no segundo semestre, e assim não balançou muito as redes. O que salvou foi o início do Brasileirão, quando o Fabuloso conseguiu uma boa sequência de gols e mostrou o seu melhor futebol.

Luis Fabiano chegou ao Rio de Janeiro no dia 21 de fevereiro com grande festa, cerca de 1.500 vascaínos foram recepcionar o atacante no aeroporto. No mesmo dia ele já foi apresentado e fez seu primeiro treino, que foi aberto para os torcedores em São Januário. O Fabuloso fez sua estreia pelo Cruz-Maltino no dia 12 de março, e apesar de passar em branco no empate em 2 a 2 com o Macaé, teve atuação regular.

Principal esperança de gols, Luis Fabiano viveu uma seca até marcar pela primeira vez com a camisa do clube. Antes disso, ele conseguiu sua primeira expulsão, em partida contra o Flamengo, pelo Carioca, ao 'peitar' o árbitro Luis Antonio Silva Santos. Por conta disso, ele desfalcou o time contra o Boavista e na semifinal da Taça Rio contra o Rubro-Negro. O primeiro gol só saiu em sua sétima partida e em grande estilo, na final do segundo turno contra o Botafogo, em que o Vasco ficou com o título ao vencer por 2 a 0.

Depois de passar em branco na semifinal do Estadual contra o Fluminense e ver o Cruz-Maltino ser eliminado após perder por 3 a 0, Luis Fabiano começou bem o Brasileirão. Já na segunda rodada, ele foi fundamental na vitória por 2 a 1 contra o Bahia, na Colina Histórica, ao dar uma assistência e fazer um gol. No jogo seguinte, o atacante abriu o placar para o triunfo por 3 a 2 no clássico contra o Flu. Luis Fabiano ainda deixou sua marca duas vezes contra o Corinthians e uma contra o Sport. Todas dentro de casa, já que era poupado pelo então técnico Milton Mendes em jogos fora do Rio de Janeiro.

O calvário do atacante por conta de lesões começou após o clássico contra o Flamengo, na 12ª rodada do Brasileiro, no dia 8 de julho. Se recuperando de um problema no quadril que afetava também o joelho, Luis Fabiano só voltou a jogar no dia 13 de agosto, já no início do segundo turno. Porém, após a partida seguinte, contra o Bahia, no dia 20, ele só atuou um tempo contra o Vitória, no dia 5 de novembro, e depois não conseguiu jogar mais.

Ao todo, Luis Fabiano disputou 20 jogos pelo Vasco este ano. Foram sete pelo carioca, um pela Copa do Brasil e 12 pelo Brasileirão. Ele fez seis gols pelo clube, sendo um no Estadual e cinco na competição nacional. Apesar de atuar só três vezes após a 12ª rodada, o Fabuloso foi artilheiro do Cruz-Maltino no Brasileiro por muito tempo. Porém, já perto do fim do campeonato, Nenê igualou a marca ao fazer o gol contra o Santos na vitória por 2 a 1 na Vila Belmiro.

Com contrato até o fim de 2018, Fabulo vai ter a chance de se redimir e fazer a alegria dos torcedores cruz-maltinos. A próxima temporada é importante, já que o Vasco está de volta à Libertadores. Oportunidade ideal do atacante mostrar que ainda tem o faro de gol apurado e mostrar que valeu o investimento.

Para isso, o jogador vai precisar estar bem fisicamente. Visando isso que o Cruz-Maltino achou melhor não forçar o retorno do jogador na reta final do Brasileiro. Assim, o atacante passou o final do ano focando em sua recuperando para voltar bem ano que vem. O Fabuloso fez um trabalho especializado em São Paulo.

LESÕES DO FABULOSO EM 2017:

Problema no quadril

Após o clássico contra o Flamengo no primeiro turno, o atacante começou a fazer um tratamento para solucionar um problema no quadril, que também gerava dores no joelho do jogador. Inclusive, o Fabuloso reclamada de dores no local e chegou a dizer que entrou em campo muitas vezes assim, no sacrífico. Ele ficou fora dos gramados de 9 de julho até 13 de agosto realizando um tratamento de reequilíbrio muscular no Caprres.

Lesão no joelho

Após a segunda partida depois do seu retorno contra o Palmeiras, na derrota por 3 a 0 contra o Bahia, no dia 20 de agosto, Luis Fabiano reclamou de dores no joelho direito. Os exames constataram uma lesão e ele precisou realizar uma artroscopia para reparar o problema. O atacante só voltou a treinar no campo no dia 4 de outubro.

Contratura miofascial

Porém, quando parecia que Luis Fabiano estava perto do retorno, teve um novo problema. Com contratura miofascial na perna direita, o atacante teve que passar por duas semanas de tratamento em São Paulo, onde operou seu joelho com o doutor Rene Abdalla.

Retorno e novo problema

Após este período, o Fabuloso voltou a jogar na partida contra o Vitória, no dia 5 de novembro. Porém, ele jogou apenas um tempo, levou o terceiro amarelo e ficou suspenso para a partida contra o Santos. Depois disso, ele sentiu novamente incômodo no joelho direito e retornou para São Paulo para uma avaliação. A partir daí, a diretoria decidiu por não forçar o atacante na reta final do Brasileiro e deixar ele se recuperar completamente para a próxima temporada

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos