Cícero diz que Pablo não é prioridade e que Barça ainda não pediu Mina

A imprensa espanhola tem batido na tecla de que o Barcelona cogita exercer sua prioridade de compra e levar o zagueiro Yerry Mina já em janeiro, mas essa informação não chegou ao Palmeiras.

- O Barcelona tem a sua prioridade de compra. Não nos comunicou nada de forma oficial. Acompanhamos à distância - disse Cícero Souza, gerente de futebol do Verdão, à ESPN Brasil.

O acordo entre Palmeiras e Barcelona é para que Mina se transfira no meio da temporada, após a Copa do Mundo, por 9 milhões de euros (R$ 36,4 milhões). Ciente disso, o clube observa o mercado de defensores.

Na semana passada, houve conversas com Fernando César, empresario de Pablo, zagueiro que pertence ao Bordeaux e atuou por empréstimo no Corinthians em 2017. Cícero Souza confirmou que este é um nome que agrada, mas avisou que as conversas não evoluíram por questões financeiras.

- Acho que o Pablo pode ser uma opção, mas neste momento não existe uma operação em andamento, perto de ser concretizada. Temos prezado muito pela responsabilidade financeira. Pelas primeiras informações colhidas, não parece ser uma operação financeira tão simples. Não é assunto de momento, não é a nossa prioridade - disse o gerente.

- Houve uma busca do agente dele ao Palmeiras e as conversas não evoluíram, justamente por acreditarmos que financeiramente a operação se enquadrava na nossa realidade - completou.

De qualquer forma, o Palmeiras não entende que seja urgente contratar um zagueiro. O clube tem oito atletas para a posição neste momento, sendo que a ideia é ter seis ou sete no elenco: Mina, Edu Dracena, Luan, Juninho, Antônio Carlos, Emerson Santos, Thiago Martins e Pedrão.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos