Herói do Real, Bale critica uso do vídeo: 'O futebol é melhor sem'

O Real Madrid teve muitos problemas para bater o Al Jazira por 2 a 1, de virada, e avançar para a final do Mundial, quando enfrentará o Grêmio no sábado. O gol salvador saiu apenas aos 38 do segundo tempo, com Gareth Bale, que havia acabado de entrar na partida.

Durante o jogo, Sandro Meira Ricci pediu o auxílio do árbitro de vídeo por duas vezes, anulando um gol do Real Madrid e um do Al Jazira. Para Bale, o VAR é prejudicial ao futebol.

- Bom, eu não gosto, para ser honesto. Acho que obviamente vão tentar usar isso, mas acho que o futebol é melhor sem. Mas essa é a minha opinião, tem pessoas mais importantes para tomar essa decisão que não eu - disse o galês, logo após a classificação merengue.

Bale era dúvida para a partida, uma vez que se recuperava de lesão na panturrilha. Ele afirmou que só conseguiu atuar por ter 'paciência' com o próprio corpo.

- Quando você entra aqui, você quer causar um impacto. Acho que ainda tenho um percurso para percorrer para ficar melhor, mas tem que ter paciência. Tive alguns problemas, isso toma um certo tempo, mas eu tenho que ter paciência comigo, escutar o meu corpo. Tomar um pouco de tempo, mas ver que trabalhando o quanto eu puder, vou conseguir tanto dentro de campo, como fora - afirmou.

Em campo, o Al Jazira abriu o placar com o brasileiro Romarinho, após excelente contra-ataque. No início do segundo tempo, Cristiano Ronaldo empatou. Na reta final, Bale garantiu a vitória espanhola.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos