Ponte tenta montar elenco competitivo para 2018

A reapresentação do elenco da Ponte Preta acontece no dia 2 de janeiro, mas a diretoria e a comissão técnica enfrentam dificuldades para fechar o grupo de 2018.

A meta da Macaca é buscar jogadores que se adaptem à nova realidade financeira do clube, já que o orçamento para o ano que vem foi muito reduzido.

Até o momento, a Ponte Preta tem dez atletas remanescentes e um reforço anunciado, o zagueiro Wesley Matos. Três atletas da base também já foram incorporados ao time principal: o zagueiro Reynaldo, o lateral Emerson e o atacante Yuri.

Nos próximos dias mais dois nomes devem ser anunciados pela diretoria. O lateral Gilson e o volante Wellington Simião, que disputou o Campeonato Brasileiro pelo Avaí, são os mais prováveis.

A Ponte também trabalha para tentar conseguir a liberação do Majestoso, interditado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por tempo indeterminado. As obras de segurança exigidas já iniciaram, porém ainda não há prazo para conclusão. O local só será liberado local precisa passar por uma nova vistoria da CBF.

Com 14 atletas confirmados no elenco de 2018, a Ponte ainda busca no mínimo mais dez reforços para fechar o grupo. Até agora, o time conta com os goleiros Aranha e Ivan, os laterais Jeferson e Emerson, os zagueiros Luan Peres, Reinaldo e Wesley Matos, o volante João Vitor, os meias Danilo Barcelos e Léo Artur e os atacantes Claudinho, Saraiva, Luis Ali e Yuri.

A estreia da Macaca no Paulistão será dia 17 de janeiro diante do Corinthians, fora de casa.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos