Ponte tenta montar elenco competitivo para 2018

A reapresentação do elenco da Ponte Preta acontece no dia 2 de janeiro, mas a diretoria e a comissão técnica enfrentam dificuldades para fechar o grupo de 2018.

A meta da Macaca é buscar jogadores que se adaptem à nova realidade financeira do clube, já que o orçamento para o ano que vem foi muito reduzido.

Até o momento, a Ponte Preta tem dez atletas remanescentes e um reforço anunciado, o zagueiro Wesley Matos. Três atletas da base também já foram incorporados ao time principal: o zagueiro Reynaldo, o lateral Emerson e o atacante Yuri.

Nos próximos dias mais dois nomes devem ser anunciados pela diretoria. O lateral Gilson e o volante Wellington Simião, que disputou o Campeonato Brasileiro pelo Avaí, são os mais prováveis.

A Ponte também trabalha para tentar conseguir a liberação do Majestoso, interditado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por tempo indeterminado. As obras de segurança exigidas já iniciaram, porém ainda não há prazo para conclusão. O local só será liberado local precisa passar por uma nova vistoria da CBF.

Com 14 atletas confirmados no elenco de 2018, a Ponte ainda busca no mínimo mais dez reforços para fechar o grupo. Até agora, o time conta com os goleiros Aranha e Ivan, os laterais Jeferson e Emerson, os zagueiros Luan Peres, Reinaldo e Wesley Matos, o volante João Vitor, os meias Danilo Barcelos e Léo Artur e os atacantes Claudinho, Saraiva, Luis Ali e Yuri.

A estreia da Macaca no Paulistão será dia 17 de janeiro diante do Corinthians, fora de casa.

UOL Cursos Online

Todos os cursos