Tottenham vence com gol improvável; Arsenal e Liverpool só empatam

O Tottenham teve dificuldade, mas bateu o Brighton, em Wembley, por 2 a 0. Os gols da partida foram marcados por Serge Aurier e o sul-coreano Son. O meia argentino Lamela voltou a ser titular após grave lesão.

O resultado deixa os Spurs na quarta colocação, com 31 pontos. Já o Brighton fica com 17, em 13°.

O técnico Mauricio Pochettino teve problemas no setor defensivo. Sem Alderweireld, lesionado, e Sánchez, suspenso, o treinador optou por Dier como zagueiro, ao lado de Vertonghen. Na meia, Lamela voltava a ser titular e fazia a criação com Eriksen e Son, com Dele Alli no banco.

Apesar das boas opções no setor ofensivo, quem acabou marcando foi um reserva. Aurier, que começou como titular no lugar do poupado Trippier, tentou cruzamento pela direita e encobriu Ryan.

No fim do jogo, o Tottenham, enfim, matou o jogo. Eriksen bateu falta pela direita e Son, de cabeça, deu números finais à partida.

LIVERPOOL FICA NO EMPATE EM CASA

O Liverpool perdeu mais uma chance de engrenar na atual temporada. Novamente em casa, os Reds decepcionaram e ficaram no 0 a 0 com o West Bromwich. É o segundo empate no Anfield Road seguido na Premier League.

O resultado tirou o Liverpool do G4 do Campeonato Inglês. Agora, os Reds têm 31, na quinta colocação. Já o West Bromwich deixou a zona do rebaixamento, com 14, na 17ª colocação.

Jürgen Klopp lançou o que tinha de melhor do meio para frente. Coutinho, Firmino, Salah e Mané estiveram em campo desde o início, mas tiveram problemas com a bem postada defesa do West Brom.

Sem Henderson, que ficou no banco, Coutinho foi capitão do Liverpool. O brasileiro criou bons lances para os atacantes, mas não foi efetivo nas jogadas ofensivas.

ARSENAL TAMBÉM EMPATA

O Arsenal também vem ficando para trás no Campeonato Inglês. No dérbi londrino diante do West Ham, empate em 0 a 0, no Estádio Olímpico.

O empate deixa os Gunners na sétima colocação, com 30 pontos. Já o West Ham segue na zona do rebaixamento, com 14, em 19º.

Apesar de estar em situação delicada no Campeonato Inglês, o West Ham não pode reclamar do resultado, principalmente por jogar contra um grande rival. Na última rodada, outro clássico da capital, com vitória sobre o Chelsea.

Em campo, Arsène Wenger lançou Giroud como titular, deixando Lacazette como opção no banco. Sánchez e Özil também começaram desde o início. Do outro lado, David Moyes colocou Arnautovic e Antonio no comando de ataque, com Chicharito na reserva.

Sem brilho, o Arsenal não teve uma boa jornada. A equipe teve problemas ofensivos e perdeu algumas chances. O técnico Wenger tentou colocar o time ainda mais à frente lançando Welbeck e Lacazette, mas os Hammers seguraram o empate em casa.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos