Jogadores do Fla entendem gritos de 'time sem vergonha' da torcida

Após o apito final do empate em 1 a 1 entre Flamengo e Independiente, que sacramentou mais um vice-campeonato do Fla este ano, a torcida rubro-negra cobrou os jogadores e protestou cantando 'time sem vergonha' para atletas no Maracanã. Um dos poupados, tendo o seu nome gritado, o experiente zagueiro Juan disse que entende a reação dos torcedores.

- A gente entende a frustração da torcida. É a mesma que a nossa. Perder um título em casa é difícil, tentamos de todas as formas. Um pecado por tudo que a gente fez na Sul-Americana - disse Juan.

Autor do gol do Flamengo na partida e um dos melhores em campo, Paquetá também foi aliviado pelos torcedores no final. Segundo ele, a torcida está no direito de cobrar e destaca que está tão triste como os outros rubro-negros.

- A torcida está no direito de cobrar. Os jogadores e a torcida, todos, queremos o melhor. Estou triste pelo resultado - disse o jovem meio-atacante.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos