Chelsea bate o Southampton; Arsenal afunda ainda mais o Newcastle

O Chelsea dominou boa parte do jogo e venceu o Southampton por 1 a 0 no Stamford Bridge, pela 18ª rodada da Premier League. O gol da partida foi marcado por Marcos Alonso e Forster evitou um resultado ainda mais expressivo. A equipe visitante ainda pressionou no final, mas não marcou.

Com esse resultado, o time de Antonio Conte chega aos 38 pontos e segue em terceiro lugar, sonhando com uma derrota dos dois rivais de Manchester para almejar posições mais altas. Já os Saints ficam em 12º, com 18 pontos.

Os Blues foram melhores na primeira etapa, tiveram mais posse de bola e finalizaram nove vezes ao gol, mas encontraram dificuldades para abrir o placar. Isso aconteceu apenas aos 47 minutos, quando Marcos Alonso cobrou boa falta pelo lado da barreira e colocou a bola no cantinho, sem chances para Forster. Antes disso, haviam sido quatro bolas espalmadas pelo goleiro, fora duas que passaram perto da trave e uma que bateu nela.

Do lado dos visitantes, os Saints entraram fechados, mas conseguiram criar momentos de equilíbrio e pressão, principalmente a partir dos 20 minutos, quando se mostraram mais presentes no ataque e encaixaram bons contra-ataques. A melhor chance foi de Gabbiadini, mas sem chegar ao gol.

Na segunda etapa, o Chelsea continuou indo para cima e buscando o segundo gol para não sofrer nos minutos finais. Hazard até marcou aos 23 minutos, mas o juiz anulou o lance por impedimento de Fàbregas no começo do lance. Forster ainda voltou a se destacar, segurando o volume de jogo dos donos da casa.

Agora, pela Copa da Liga Inglesa, o Chelsea faz confronto contra o Bournemouth no Stamford Bridge, na próxima quarta-feira, dia 20, às 17h45 (de Brasília). Já o Southampton recebe o Huddersfield pelo Campeonato Inglês no sábado.

ARSENAL VENCE EM CASA

A fase do Newcastle é tenebrosa. Neste sábado, a equipe chegou a nove jogos sem vitória depois de perder para o Arsenal por 1 a 0 no Emirates Stadium. O gol dos donos da casa, que seguem na briga por vaga na Liga dos Campeões, foi marcado por Mesut Özil.

Esse resultado mantém os Gunners na quarta posição, com 33 pontos, cinco a menos do que o Chelsea, em terceiro. Já o time de Rafa Benítez é o primeiro na zona de rebaixamento, somando apenas 15 pontos e ainda podendo cair ao final da rodada.

Os Gunners dominaram o primeiro tempo, ficando mais tempo com a bola e tentando furar a defesa adversária a todo custo. O resultado não demorou muito a acontecer e Özil abriu o placar aos 23 minutos. Iwobi cruzou, Sánchez chutou e o alemão aproveitou o rebote de primeira para marcar um golaço.

Na segunda etapa, o time de Arsène Wenger continuou dominante e buscando a todo tempo o segundo gol. Os visitantes até arriscaram algumas oportunidades, mas não conseguiram reagir.

Agora, pela Copa da Liga Inglesa, o Arsenal recebe o West Ham fazendo um clássico de Londres. A partida, no Emirates Stadium, será na terça-feira, às 17h45 (de Brasília). Os Hammers também são os próximos adversários do Newcastle, mas pelo Campeonato Inglês, no sábado.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos