A um mês do Carioca-2018, Botafogo tem mais dúvidas que certezas

Falta um mês para o início do Campeonato Carioca para o Botafogo. Um mês para o início de uma temporada que promete ser menos desgastante do que foi a de 2017, e com praticamente o mesmo orçamento. Para tal, o clube vive, nesses meados de dezembro, um tempo de algumas certezas e muitas dúvidas a serem resolvidas em pouco tempo.

O que foi definido mais recentemente foi a saída de Cacá Azeredo da vice-presidência de futebol. O dirigente pediu desligamento na última sexta-feira, oficializando o que já havia sido combinado para o próximo mandato, já sob a batuta de Nelson Mufarrej. Gustavo Noronha, já ativo no departamento de futebol, assume a pasta.

A saída de Antonio Lopes é praticamente irreversível. Apesar do apoio do atual presidente, Carlos Eduardo Pereira, o contrato do gerente de futebol acaba no próximo dia 31, não será renovado e o clube já avalia nomes para substituí-lo.

O perfil (de captação externa ou de comando interno) ainda não foi definido, assim como o nome a gerir o centro de treinamentos.

Mas o comando técnico também poderá sofrer abalo, uma vez que o Santos deseja Jair Ventura e a multa rescisória do treinador é baixa. O comandante do Glorioso tem vínculo até o fim do ano que vem. Apesar do desempenho ruim da equipe na reta final da temporada, Jair conta com prestígio da diretoria.

E em meio a tudo isso é preciso contratar. O time-base que terminou a temporada 2017 tem as baixas de Victor Luís e Roger, além da iminente saída de Bruno Silva e de suplentes. A diretoria vem encontrando dificuldades para contratar diante do jogo-duro dos empresários.

- Temos encontrado bastante dificuldade pela falta de flexibilidade e pouca disposição de ajustarem suas pedidas para uma posição real. Pedidas muito altas, bastante puxadas e estamos tentando fazer o possível para chegarmos a um entendimento com os jogadores que queremos - afirmou o atual presidente, Carlos Eduardo Pereira, à Rádio Tupi, neste sábado. E concluiu:

- Não vamos nos afastar de uma política de austeridade e compromissos a serem arcados. Não temos como não honrá-los em 2018 e nos próximos anos que estão por vir - explicou o mandatário, que será vice-geral do clube no próximo triênio.

A pré-temporada alvinegra começa no próximo dia 7. Até lá, muita coisa ainda está para acontecer.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos