Dinheiro e atletas: a proposta do Corinthians ao Vitória por Tréllez

O Vitória já sabe as condições oferecidas pelo Corinthians para liberar o atacante Santiago Tréllez, de 27 anos. Por intermédio do empresário do jogador, a diretoria do Timão colocou uma quantia em dinheiro mais a cessão de alguns jogadores por empréstimo no pacote. Uma reunião prevista para essa segunda-feira pode decidir a questão.

O Corinthians guarda em sigilo os valores envolvidos, mas diz que não fogem da realidade financeira do clube, que atualmente possui problemas de caixa. Também não divulga o nome dos atletas que podem ser envolvidos, mas o atacante Marlone, que retorna do Atlético-MG, agrada ao Vitória.

Há duas semanas, Silvio Sandri, agente de Tréllez, encontra-se em Salvador para decidir o futuro de seu cliente. Nas primeiras reuniões, ele comunicou ao Vitória que o atacante estava muito feliz no clube baiano, mas tinha decidido mudar de ares para atingir voos maiores na carreira. Assim, pediu que o clube ouvisse as ofertas que chegariam, dentre elas a do Corinthians.

O Vitória, por sua vez, pediu que um tempo por conta da eleição presidencial, ocorrida na quarta-feira da semana passada e vencida por Ricardo David com mandato para os próximos dias. Nesse meio termo, o Corinthians disse ao empresário o quanto estava disposto a pagar e ele ficou de repassar a oferta. Já avisado da intenção do atacante, o clube baiano marcou para esta semana uma nova reunião com o agente. O encontro contará com a presença de Erasmo Damiani, novo executivo de futebol que ficará encarregado de bater o martelo.

Artilheiro do Vitória no Campeonato Brasileiro com dez gols em 23 jogos, Tréllez tem mais um ano de contrato com o clube baiano e uma proposta de renovação até dezembro de 2019 em mãos, à qual ele nunca respondeu. Isso causou nos dirigentes o entendimento de que ele quer ser negociado. O clube também discute se vale a pena segurar o jogador por mais um ano e depois perdê-lo sem nada em contrapartida. Por ora, o discurso é de que ele faz parte do planejamento para 2018.

Caso o Vitória considere bons os termos propostos pelo Corinthians, a diretoria do clube paulista entrará em contato para fazer a negociação diretamente e concluir os trâmites burocráticos para a chegada do jogador. Depois de anunciar o atacante Júnior Dutra e encaminhar tudo com o volante Renê Júnior, a diretoria espera fechar outras contratações nesta semana, a última do ano para negociações.

Os dirigentes também garantem que o atrito entre Tréllez e o quase contratado Renê Júnior, que vem do Bahia, não será impeditivo para a contratação de nenhum. O volante acusou o atacante de ter sido racista em um clássico baiano, mas as partes dizem que a situação já foi contornada. Tréllez também interessa a outros clubes do Brasil, como o São Paulo, e de fora.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos