PSG vence com brilho do aniversariante Mbappé e golaço de Cavani

Na última partida do Paris Saint-Germain em 2017, vitória tranquila. Atuando no Parque dos Príncipes, o time parisiense venceu o Caen por 3 a 1, pela 19ª rodada do Campeonato Francês. Cavani fez um golaço de letra, que inaugurou o marcador. Destaque, Mbappé, que ainda deu assistência para o uruguaio, não ficou atrás e deixou o seu. Yuri Berchiche, com passe de Neymar, também saudou a rede, assim como Santini, autor do gol de honra dos rivais.

Folgado na liderança, com 50 pontos e nove à frente do Monaco, vice-líder e que também venceu na rodada (leia mais no rodapé), o PSG vai agora a Doha, no Qatar, realizar uma intertemporada entre 21 e 23 de dezembro.

O JOGO

A partida iniciou animada e movimentada. No minuto cinco, duas boas chances, uma para cada lado, sendo que o aniversariante Mbappé desperdiçou após receber de Neymar e driblar o goleiro. O brasileiro, aliás, seguiu distribuindo e alimentando o ataque, atuando preferencialmente por dentro.

E assim surgiu o primeiro gol. A construção começou com Neymar, que abriu para Mbappé. Agora aos 19 anos, o projeto de fenômeno optou por uma arrancada estupenda, desfilando o seu talento e cruzando para Cavani. De letra, o uruguaio encerrou a obra-prima.

O segundo tempo teve o cenário parecido com o primeiro. Neymar continuou na organização, como um autêntico 10, e Mbappé caindo pelos dois flancos. Nitidamente, o brasileiro vinha sobrecarregado no meio, principalmente pelas ausências de Verratti (suspenso) e Rabiot (lesionado). Daniel Alves foi outro que não atuou, e a lateral direita, ocupada por Meunier, esteve mais frágil.

Mas, aos 12 minutos, Lo Celso assumiu a responsabilidade de pifar. Em mais uma jogada iniciada por Neymar, o meio-campista argentino cruzou para Mbappé, que deixou a sua marca em seu dia. Lo Celso, aliás, quase fez outra pintura em Paris, quando promoveu um salceiro e quase encobriu o goleiro.

Tudo caminhava bem para os donos da casa. Até que Marquinhos, quando a partida já entrava na reta final, sentiu dores e pediu para sair. Minutos depois, Neymar apareceu de frente para o gol, com a oportunidade de pensar o quanto quisesse e rolar para Cavani. Optou por finalizar, mas parou na trave. Ele ainda teve outra chance cara a cara com o goleiro, mas pecou ao tentar driblar o arqueiro do Caen.

Antes do apito final, uma tentativa do Caen em fazer o gol de honra obteve êxito. A bola bateu na mão de Thiago Silva, e o juiz assinalou pênalti. Santini converteu, pouco depois de o zagueiro brasileiro levar cartão amarelo.

MONACO VENCE NO SUFOCO

Também atuando em casa, o Monaco iniciou o confronto diante do Rennes a todo vapor e pressionado por uma vitória. Com gols de Falcao García e Keita Baldé, o time do Principado venceu por 2 a 1, após sufoco, e manteve a caça ao líder PSG. Khazri descontou para os visitantes.

A 15ª bola na rede de Falcao no campeonato ocorreu após o camisa 9 aproveitar um rebote e um furo de Lemar. O Rennes, que vinha de derrota para o PSG, chegou a empatar, no meio da segunda etapa, mas Keita completou para a rede, depois de cruzamento de Sidibé, e deu a vitória suada.

O resultado deixa o Monaco com 41 pontos, os mesmos do Lyon (terceiro colocado), outro que fez a sua parte e venceu o seu compromisso, diante do Toulouse, fora, por 2 a 1 - gols de Fekir e do brasileiro Rafael.

TODOS OS RESULTADOS DA RODADA

Amiens 0 x 1 Nantes

Angers 2 x 1 Dijon

Bordeaux 0 x 2 Montpellier

Guingamp 2 x 1 Saint-Étienne

Lille 1 x 1 Nice

Marseille 3 x 1 Troyes

Metz 3 x 0 Strasbourg

Monaco 2 x 1 Rennes

PSG 3 x 1 Caen

Toulouse 1 x 2 Lyon

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos