Espanyol vence Atlético de Madrid e se distancia da zona de rebaixamento

Diante do vice-líder Atlético de Madrid, o Espanyol fez o dever de casa e garantiu a vitória que precisava para se afastar da zona de rebaixamento do Campeonato Espanhol. Apesar de ter sofrido a pressão exercida pelo rival nos momentos iniciais, a equipe se dedicou a aproveitar os espaços deixados pelo Atleti e contou com Sergio Garcia para carimbar as redes defendidas pelo goleiro Jan Oblak.

O resultado deixa o Espanyol na 14ª colocação, com 20 pontos e apenas um de distância do Leganés, que ocupa o 11º lugar. Por outro lado, o Atlético de Madrid dorme na vice-liderança com 36 pontos, mas correndo o risco de ser superado pelo Valencia, que tem dois pontos a menos e enfrenta o Villareal neste sábado.

Com as duas equipes precisando da vitória, o primeiro tempo foi marcado pela pressão rival. Na tentativa desenfreada de evitar gols, os dois times se fecharam na defesa, mas não conseguiram evitar a grande quantidade de faltas. Superior em campo, o Atlético de Madrid criou uma das melhores chances do jogo com seis minutos de bola rolando. Após belo passe de Antoine Griezmann, Thomas Partey finalizou no canto direito da área, mas não foi o suficiente para abrir o placar.

Apesar de um início morno, o Espanyol conseguiu crescer em campo e deu trabalho para o goleiro Oblak, que precisou se esticar para defender o chute que Daviv López deu de fora da área, após jogada com Javi Fuego. Do outro lado, Pau Lopez também não teve uma partida tranquila porque no lance seguinte, Saúl Ñíguez tentou carimbar as redes do meio da área e ligou o alerta do arqueiro. O Atleti continuou tentando se aproximar do líder Barcelona e até poderia ter conseguido, se Griezmann, de cara para o gol, não estivesse em posição irregular em pelo menos três vezes. Apesar disso, a primeira etapa foi marcada por boas atuações do atacante francês.

Na volta para o segundo tempo, as equipes realizaram um jogo ainda mais rápido do que o visto anteriormente. Apesar das investidas do Atlético de Madrid, o Espanyol tentou aproveitar os poucos espaços deixados pelo rival. Após passe de Gerard Moreno na lateral, Sergio García surgiu no meio de campo e mandou uma bomba em direção ao gol, mas a bola saiu pela linha de fundo. Na sequência, Diego Godín colocou a bola no fundo da rede, mas, por ter marcado falta na área no início do lance, teve o gol invalidado pela arbitragem aos 23 do segundo tempo.

Na saga em busca do gol, o Atlético de Madrid saiu em contra-ataque e Antoine Griezmann, que estava na frente, ainda tentou encobrir o goleiro Pau Lopez, que foi sábio ao não se antecipar, segurando já quase no travessão a bola batida com precisão pelo atacante. A equipe de Madrid insistiu nos minutos restantes enquanto o Espanyol evitava deixar brechas próximo a pequena área.

A insistência valeu a pena e os donos da casa comemoraram a vitória sobre o vice-líder. No lance, os Colchoneros saíram em contra-ataque com Piatti e, após belo passe de Esteban Granero, Sergio Garcia aproveitou o buraco na zaga do rival para carimbar as redes atleticanas aos 43 minutos da etapa final.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos