Fabio Capello descarta comandar Itália e diz que está focado na China

Depois de ficar fora da Copa do Mundo da Rússia, a seleção da Itália segue sem treinador. E o veterano Fabio Capello descartou, nesta sexta-feira, a possibilidade de assumir o comando da Azzurra. Atualmente, ele é o técnico do Jiangsu Suning, da China.

- Não, nunca farei isso. Já parei - afirmou o treinador de 71 anos ao jornal italiano "La Repubblica", quando foi perguntado sobre os boatos de que assumiria a seleção.

- De todas as formas, estou na China - completou.

Tendo passagens por Milan, Real Madrid, Roma, Juventus, Inglaterra e Rússia, ele se mostrou triste pela eliminação de seu país do Mundial, porém, disse que esse pode ser "um momento de virada para o futebol italiano".

- Não pode ser só uma pessoa que tome as decisões. É preciso um grupo de pessoas que seja capaz, que saiba de futebol e que trabalhe de maneira conjunta em prol do futebol italiano. Não por interesse próprio" - afirmou Capello.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos