Fred e Guerrero juntos? "Não me parece razoável", diz vice do Fla

  • Thiago Ribeiro/AGIF

A contratação de um centroavante de peso por parte do Flamengo depende de dois fatores principais. O primeiro é o "Caso Guerrero" - a direção e a defesa do jogador buscam a absolvição total do peruano após a redução para seis meses de suspensão por ter sido flagrado em exame antidoping. A segunda questão - não menos importante - é a capacidade de investimento do clube para 2018.

Em entrevista à "Rádio Brasil", Ricardo Lomba, VP de Futebol do Flamengo, não descartou a chegada de um atacante como o Fred, um dos favoritos da direção para substituir Guerrero, mas fez uma ressalva: precisa caber no orçamento.

"Se couber no orçamento aprovado no clube, não vejo problema. São dois jogadores qualificados e caros também. Em princípio não é isso que deve acontecer. Não me parece razoável esse tipo de opção", afirmou Lomba, sem confirmar a movimentação do Rubro-Negro no mercado pelo atacante do Galo:

"Jogadores desse nível sempre interessam ao Flamengo. Mas agora o nosso foco é resolver a questão do Guerrero. A situação está indefinida", finalizou.

A contratação de um atacante foi colocada como prioridade pelo técnico Reinaldo Rueda e diretoria do Flamengo para a próxima temporada. Paolo Guerrero - suspenso até dia 3 de maio -, Felipe Vizeu e o jovem Lincoln são as opções no elenco à disposição do treinador colombiano neste momento.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos