Cruzeiro não descarta troca para ter Edílson no elenco

  • Lucas Uebel/Grêmio

Já acertado com o estafe de Edílson, o Cruzeiro espera apenas o aval do Grêmio para oficializar a contratação do jogador. A diretoria enviou uma proposta ao clube gaúcho e aguarda o retorno. Uma das possibilidades de negociação envolve outros jogadores do Cruzeiro.

De acordo com o Superesportes, o presidente cruzeirense, Wagner Pires de Sá, não descarta uma troca. Ele revelou três nomes que estão na pauta dos gaúchos: os meias Alisson e Elber e o atacante Rafael Marques. Uma eventual liberação dependerá de autorização de Mano.

"O Grêmio tem interesse nesses três jogadores. Óbvio que todos os times que negociamos pedem Arrascaeta e Thiago Neves, mas não vamos liberar. Mas eles gostam dos nomes de Rafael Marques, Elber e Alisson. Estamos conversando com nossa diretoria, com o Mano Menezes, para ver quem ele conta e quem ele pode liberar", afirmou o mandatário.

Wagner explicou que a direção gremista tem ciência das conversas do Cruzeiro com Edílson. O acordo agora depende exclusivamente dos clubes.

O paranaense Edílson é experiente e tem passagens por grandes clubes brasileiros. Começou a carreira no Avaí, em 2004, e defendeu também Ponte Preta, Atlético-PR, Botafogo e Corinthians, Atlético-MG e Grêmio.

O jogador foi campeão brasileiro em 2015, e conquistou a Copa do Brasil em 2016, e a Libertadores em 2017.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos