Presidente da federação russa anuncia afastamento do cargo

Proibido de exercer qualquer função em edições futuras da Olímpiada e banido pelo COI dos Jogos por envolvimento no escândalo de doping na Rússia, Vitaly Mutko anunciou, nesta segunda-feira, seu afastamento da presidência da federação russa de futebol por seis meses.

Alexander Alayev, diretor-geral da federação atualmente, assumirá o cargo durante esse período. Vale ressaltar que Mutko, porém, continua como presidente do Comitê Organizador da Copa do Mundo do ano que vem.

- Para que as atividades da entidade possam seguir sem maiores complicações, eu suspenderei minhas funções por seis meses. Não estou renunciando, meu cargo continua valendo. Me reuni com o Comitê Executivo e decidi que, se o presidente não pode exercer todas as suas funções, ele deve ser afastado - anunciou Mutko.

- Definitivamente, eu retornarei após o período de seis meses, talvez até antes disso. Eu sugeri que (Alexander) Alayev fosse colocado no cargo, o Comitê Executivo apoiou, e nós registramos a decisão. Alayev vai comandar a federação - completou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos