Saída de Anderson Barros do Vasco atrasa planejamento para 2018

  • Paulo Fernandes / Flickr do Vasco

    Barros acertou com o Botafogo. Euriquinho assumirá comando das negociações no Vasco

    Barros acertou com o Botafogo. Euriquinho assumirá comando das negociações no Vasco

A saída de Anderson Barros do Vasco na última sexta-feira, acertando a transferência para o Botafogo, atrapalhará ainda mais o planejamento do departamento de futebol. O dirigente era o responsável direto pelas conversas com reforços, renovações e saídas de atletas.

Foi Anderson Barros, por exemplo, quem comandou as chegadas do volante Leandro Desábato e do atacante Rildo, únicos confirmados até o momento como reforços de olho na Conmebol Libertadores de 2018. As demais conversas existentes, lideradas por ele, estagnam.

Caberá agora a Eurico Brandão, mais conhecido como Euriquinho, filho do presidente Eurico Miranda e vice-presidente de futebol do Vasco assumir o comando das negociações envolvendo o futebol profissional. A tendência é que com a saída de Barros, agora, acertem nomes apenas de renovações, como o zagueiro Breno.

O presidente Eurico Miranda não deve contratar um substituto para Anderson Barros. A função deve ser assumida por Isaías Tinoco, que já atuou na função na atual gestão e já é funcionário do clube. A polêmica presidencial também influencia e já retardava o planejamento, vale lembrar.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos