Ponte Preta quer custo reduzido na rescisão de contrato de Rodrigo

Na reunião desta terça-feira o novo diretor de futebol, Ronaldão, o presidente José Armando Abdalla, o gerente de futebol Gustavo Bueno e outros membros da nova diretoria que assumem em 1º de janeiro, discutiram a maneira mais barata para concretizar o desligamento do zagueiro Rodrigo.

Para equilibrar os gastos, o clube iniciou uma conversa com representantes do atleta para que haja compreensão neste rompimento e a conta fique mais barata. Depois da polêmica envolvendo o jogador no confronto com o Vitória, partida que rebaixou a Ponte para a Série B, não há mais clima na equipe para o zagueiro.

Outro assunto da pauta foi sobre os possíveis reforços. Com posições ainda carentes como a lateral-esquerda e o ataque, a Macaca tenta agilizar as contratações para que o treinador Eduardo Baptista tenha boa parte do elenco na reapresentação do dia 2, no CT do Eulina. Vale lembrar que a estreia da Ponte Preta no Paulistão é no dia 17 de janeiro, diante do Corinthians, em São Paulo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos