Após suspensão na Federação, cartola deixa Comitê Organizador da Copa

Dois dias após suspender suas funções por seis meses como presidente da Federação Russa de Futebol, o vice-primeiro-ministro e comandante dos esportes do país, Vitali Mutko, anunciou que não é mais presidente do Comitê Organizador da Copa do Mundo de 2018.

Mutko decidiu se afastar para garantir foco total em sua defesa contra o banimento da Rússia dos Jogos de Inverno, por conta do escândalo de doping institucionalizado que assolou o país nos últimos anos. O dirigente informou que apresentou um recurso contra a exclusão no Tribunal Arbitral do Esporte (TAS).

- Ainda resta muito trabalho, mas estou totalmente convencido de que tudo estará pronto a tempo - declarou Mutko, que confirmou Alexei Sokorin, diretor geral, será o presidente do Comitê Organizador.

Segundo investigação do Comitê Olímpico Internacional (COI) e da Agência Mundial Antidoping, Mutko teve grande influência no escândalo de doping no esporte russo de 2011 a 2015.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos