Cavalieri, Henrique e outros seis lideram a barca no Fluminense

Com previsão de diminuição da sua folha salarial e cortes no orçamento, o elenco do Fluminense passará por uma reformulação em 2018. E oitos atletas foram informados que não permanecerão no clube para o ano que vem: Diego Cavalieri, Wellington Silva (lateral), Henrique, Marquinho, Artur, Robert, Higor Leite e Maranhão irão comandar a barca tricolor visando a próxima temporada.

Informados que não precisam comparecer na pré-temporada, que se inicia no dia 3 de janeiro, no CT, o clube busca uma rescisão amigável com os atletas, visando uma redução dos gastos e melhor situação financeira em 2018.

- O Fluminense está trabalhando para ter um grupo de jogadores que permita formar uma equipe competitiva em 2018, e que caiba no seu orçamento, dentro da atual conjuntura. Não queremos repetir os erros das contratações de 2015 e 2016. É uma mudança pontual que visa reduzir a folha salarial - afirmou Marcus Vinícius Freire, diretor executivo geral, ao site oficial do Fluminense.

Entre os nomes divulgados na lista de dispensa, os de maior peso são o goleiro Diego Cavalieri, que foi campeão brasileiro com o clube em 2012 e vinha sendo titular na reta final do Brasileirão, e o zagueiro Henrique, contratado por cerca de R$ 8,5 milhões e que era capitão do Fluminense no decorrer da temporada.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos