Convidado por Raí, ex-zagueiro Ricardo Rocha volta ao São Paulo

Diretor executivo de futebol do São Paulo, Raí chamou um ex-companheiro do clube para ajudá-lo na função de dirigente. Ricardo Rocha, bicampeão paulista (1989 e 1991) e campeão brasileiro (1991) pelo Tricolor e vencedor da Copa do Mundo de 1994 ao lado de Raí com a Seleção, aceitou o convite para ser coordenador de futebol.

- Estou feliz por voltar ao São Paulo, uma casa que conheço bem e onde tenho história. Estou muito feliz. Venho muito motivado. Estarei atento a tudo e tentarei cumprir da melhor maneira possível para resgatar o que é o São Paulo. Ninguém pode prometer que será campeão, mas prometo que lutaremos por todos os títulos possíveis. O São Paulo não cria só jogadores, ele cria campeões da vida - falou o ex-zagueiro, que atuava como comentarista no Sportv e, agora, será um elo entre jogadores e direção.

- Vou ser esse elo entre campo e direção. E tenho muito conhecimento também. Fiquei três anos e meio na imprensa e tenho muito conhecimento fora de campo, conhecendo muita gente no Brasil e fora. Isso é importante. Relacionamento não é só em campo, na motivação dos jogadores, mas fora também. Os jogadores precisam ter confiança em mim, e vão me conhecer no dia a dia. Prometo vontade e alegria enormes pelo convite.

A chegada de Ricardo Rocha foi um pedido de Raí, que já apresentou o CT da Barra Funda ao ex-zagueiro. Ambos atuaram juntos no São Paulo e na Seleção Brasileira nos anos 1980 e 1990 e o clube, ao chamar Raí, já procurava alguém para ajudar o ídolo em suas novas funções.

- Atuei com o Ricardo Rocha tanto na Seleção Brasileira quanto no São Paulo, e tenho extrema confiança nele. Tenho certeza de que ele tem muito a contribuir no dia a dia dos atletas e da comissão técnica. Ele é o primeiro nome que indico e fará parte da nossa nova equipe permanente no CT da Barra Funda - disse Raí.

- O convite veio do Raí. Conversamos e gostei do que ele me apresentou, isso foi importantíssimo. É claro que eu estava cômodo na televisão, mas eu pensava em, um dia, voltar ao campo, e não como treinador. Ele apresentou o que quer, a grandeza do São Paulo, resgatar tudo que acreditamos ser o São Paulo, e acredito nesse resgate. Começando por ele, que é um dos maiores ídolos, junto com o Rogério Ceni, e uma pessoa com caráter e índole - elogiou Ricardo Rocha, definindo sua missão.

- Precisamos resgatar a autoestima, a vontade de ser campeão, trabalhar, alegria do dia a dia. Um clima conturbado fora de campo, às vezes, afeta. E essa torcida foi um ponto positivo, e esse apoio tem de continuar, porque a torcida acreditou nos jogadores, lotando o Morumbi. É o que precisamos.

Confira o vídeo feito pelo São Paulo com Ricardo Rocha:

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos