Diretor cita profissionalização do Flu e mantém otimismo por patrocínios

Com o planejamento voltado para cortes de gastos e ajustes salariais em 2018, o patrocínio tende a se tornar, cada vez mais, uma importante fonte de renda no Fluminense. E o clima é de otimismo quanto a manutenção dos principais parceiros do clube visando à próxima temporada.

Segundo o diretor executivo tricolor, Marcos Vinícius Freire, as conversas estão adiantadas, tanto para renovações dos atuais parceiros do Fluminense quanto para a chegada de um sonhado patrocinador-master.

- Temos três patrocinadores renovados para 2018, pois mudou completamente a forma dos patrocinadores verem o Fluminense. Essa forma de profissionalizar o clube mudou a percepção. Conversamos com dois grandes para um termos o patrocinador da equipe pelos próximos dois anos - disse o CEO, à ESPN Brasil.

Nesta última temporada, o Fluminense não teve um patrocínio master. Outras partes do uniforme tricolor foram ocupadas, como a omoplata (Frescatto), a barra traseira (Thinkseg), o lado do escudo (Lafe) e o número (TIM).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos