Na mira do Corinthians, Tréllez recusa oferta para renovar com Vitória

  • Mauricia da Matta/Vitória

    Santiago Tréllez em ação durante treino do Vitória

    Santiago Tréllez em ação durante treino do Vitória

Os representantes do atacante colombiano Santiago Tréllez tiveram nos últimos dias diversas reuniões com a diretoria do Vitória. O assunto principal foi a possibilidade de o clube baiano negociar o jogador com o Corinthians, o que não aconteceu. Nas conversas, os dirigentes apresentaram uma proposta de renovação de contrato ao atacante, mas ele não aceitou. A negativa simboliza o descontentamento de Tréllez com as negociações e o impasse entre as partes.

Depois de sinalizar que não aceitaria uma oferta do Corinthians, o Vitória ofereceu um aumento salarial para estender o vínculo que termina em dezembro de 2018. Já insatisfeito, o jogador recusou prontamente.

Já acertado com o Timão, Tréllez esperava que o Vitória fosse flexível para liberá-lo mediante uma oferta que envolve dinheiro (fala-se em R$ 2 milhões), mais o empréstimo de jogadores. No entanto, o Rubro-Negro fez jogo duro e exigiu o pagamento da multa rescisória no valor de R$ 10 milhões. Isso congelou as tratativas.

Das conversas com o Vitória, Tréllez, que passa férias na Colômbia, não se sentiu valorizado com os valores oferecidos e esperava que o clube ao menos tentasse adquirir parte de seus direitos econômicos, o que nunca aconteceu desde que ele chegou este ano. O atleta foi contratado do Deportivo Pasto (COL).

Não há uma nova reunião agendada para os próximos dias entre as partes. O Vitória segue com o discurso de que ainda não recebeu uma oferta oficial do Corinthians e não se mostra disposto a aceitar os termos propostos. A diretoria do Timão também ainda não sinalizou sobre uma nova oferta para os representantes repassarem ao clube baiano. A contratação do centroavante é um pedido do técnico Fábio Carille.

Aos 27 anos, Tréllez acredita que precisa dar um salto na carreira e quer aproveitar o bom momento por ter marcado dez gols em 21 jogos pelo Vitória no Campeonato Brasileiro, sendo peça-chave contra o rebaixamento. O atleta já disse aos dirigentes que se sente muito grato ao clube, mas que gostaria da compreensão da diretoria. Citou seu esforço para ser liberado do seu ex-clube e sua dedicação enquanto esteve em campo. Os dirigentes, no entanto, disseram que contam com ele para a próxima temporada.

Caso não haja acordo, o colombiano se apresentará no Barradão para a temporada 2018 e acertará com outro clube em junho, quando já poderá assinar pré-contrato. Assim, sairá de graça.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos