Fábio crê na conquista de títulos em 2018 e avalia temporada do Cruzeiro

  • Washington Alves/Cruzeiro

A Libertadores vem sendo cobiçada pelos brasileiros e, com boas chances na competição, o elenco da Raposa se mostra otimista com a possibilidade de título em 2018. Em entrevista ao site oficial do Cruzeiro, o goleiro Fábio afirmou que o time deve disputar todas as competições da próxima temporada com a mesma seriedade porque este fator pode deixar a equipe ainda mais perto das taças.

- A temporada como um todo será um grande desafio, será muito competitiva, as equipes vão se fortalecer e valorizar ainda mais as competições. Lógico que a Copa Libertadores é nossa referência, mas sabemos tudo o que é preciso em termos de planejamento, uma equipe cada vez mais forte e consistente. Todas as competições serão importantes e não podermos abrir mão de nenhuma. Quanto mais a equipe estiver jogando em alto nível em todas as competições, as possibilidades de título aumentam. Temos que ter um grupo muito forte em todos os aspectos, dentro e fora de campo, com muita qualidade em todas as posições para seguirmos firmes - declarou o arqueiro.

Apesar de ter começado o ano com o pé esquerdo ao ser eliminado na primeira fase da Copa Sul-Americana e perdido o Campeonato Mineiro para o rival Atlético, o Cruzeiro foi motivo de muito orgulho para a torcida nos últimos meses do ano ao conseguir realizar uma boa campanha no Campeonato Brasileiro e garantir o título da Copa do Brasil sobre o Flamengo.

Na visão de Fábio, a próxima temporada deve ser mais complicada e exigir ainda mais do grupo. Devido a isto, o goleiro comemora a chegada de reforços de peso no time, como o centroavante Fred e o lateral-esquerdo Egídio.

- Temos um alicerce importante, mas sabemos que, para sermos campeões, seremos mais exigidos ainda do que fomos em 2017. Temos que pegar as coisas boas e ruins desta temporada e usufruir disso para um crescimento para 2018, para as próximas competições, porque com certeza vamos encontrar ainda mais dificuldade. Vimos a dificuldade que foi neste ano, e na Libertadores, por exemplo, não será diferente - disse.

O ano também foi de superação para o defensor. Após sofrer uma grave lesão, Fábio chegou a ficar no banco de reservas durante o Campeonato Mineiro, mas recuperou sua posição com muita dedicação em campo e se tornou peça fundamental na conquista do penta da Copa do Brasil. Com a taça garantida, o goleiro avaliou positivamente a sua temporada.

- Foi surpreendente. Vindo do jeito que foi em 2016 (com a lesão no joelho), não podia imaginar tudo o que aconteceu na minha carreira em 2017. Finalizar uma recuperação excelente, sem receio algum ou qualquer tipo de restrição, foi maravilhoso. Sempre na virada do ano você faz planos, mas sempre há dúvidas, ainda mais vindo de uma lesão. Mas deu tudo certo, consegui jogar novamente e aconteceu uma temporada maravilhosa. Consegui voltar a jogar em alto nível e ajudar o Cruzeiro, com 37 anos de idade e 20 de carreira, com a conquista do pentacampeonato da Copa do Brasil. Não poderia ter sonhado de uma forma tão perfeita como foi - finalizou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos