Jô é anunciado no Nagoya Grampus, que conta com outros três brasileiros

Agora está no papel; e nas redes sociais. Na noite da última terça-feira, o Nagoya Grampus, do Japão, anunciou oficialmente Jô, de 30 anos e que vem de uma temporada esplendorosa pelo Corinthians, via Twitter. Ele tinha vínculo com o clube paulista até o fim de 2019.

- Tenho a oportunidade de um novo desafio no Nagoya Grampus. Gostaria de agradecer do fundo do meu coração a todos os que me apoiaram. Vou tentar dar o meu melhor para que eu possa ganhar títulos com o Nagoya Grampus. Muito obrigado - comentou o brasileiro.

Em 2017, Jô participou de 64 jogos e marcou 25 gols. Ao todo, somando sua primeira passagem pelo elenco profissional corintiano, entre 2003 e 2005, o atacante tem 179 partidas e 43 gols pelo Timão.

Para a segunda passagem pelo futebol asiático, uma vez que já havia jogado no Shabab Dubai, dos Emirados Árabes Unidos, Jô foi contratado pelo Nagoya Grampus por 11 milhões de euros (cerca de R$ 43 milhões) - cabe destacar que o Corinthians tinha 100% dos direitos econômicos do camisa 9.

SOBRE O NAGOYA GRAMPUS

O Nagoya Grampus está de volta à elite do futebol japonês neste ano. Em 2017, a equipe da gigante região de Chubu e do quarto centro urbano mais populoso do país ficou em terceiro lugar na Segundona, o que permitiu ir aos playoffs e garantir vaga na Primeira Divisão.

Fundado em 1991, o novo time de Jô teve o seu auge em 2010, quando foi campeão da J1 League pela primeira - e única - vez. Na ocasião, o Nagoya contava com os meio-campistas brasileiros Magnum e Alex Santos (naturalizado japonês). O destaque era o goleador australiano Joshua Kennedy.

Agora, Jô encontrará os compatriotas Gabriel Xavier (ex-Cruzeiro), Washington e Felipe Garcia - os dois últimos já defenderam o Brasil de Pelotas.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos