Ricardo Oliveira desembarca em BH elogiando torcida e rebate críticas

Anunciado como reforço pelo Atlético-MG, o atacante Ricardo Oliveira desembarcou em Belo Horizonte na tarde desta quarta-feira e demonstrou empolgação com a chance de defender a equipe nas próximas duas temporadas. Na capital mineira, o jogador, de 37 anos, realizará exames médicos antes de assinar o contrato com o Alvinegro.

Este pode ser o último clube da carreira de Ricardo Oliveira por conta de sua idade. O ponto foi questionado diversas vezes por torcedores e profissionais da área, principalmente porque a pretensão do Galo era formar um elenco jovem e acabou trazendo o atacante para substituir Fred, de 34 anos, que assinou com o Cruzeiro. Em forma, Ricardo Oliveira respondeu as críticas no desembarque em BH.

- Vocês vão ver durante meus treinos e meus jogos se aparento ter 37 anos. Para quem me conhece e sabe como sou como atleta, a idade não vai pesar em nada. Vou mostrar isso em campo.

O atacante chega ao Galo com a responsabilidade de preencher o espaço deixado por Fred e Robinho, que não continuam na equipe nesta temporada. Confiante, Ricardo diz ter experiência para assumir a posição e se tornar líder na jornada que deve ser encerrada com títulos.

- Estou ótimo, super animado. Poder provar para a massa atleticana, que eu já joguei contra e sei como é, é melhor ainda. Um time gigante como é o Atlético vai ter essa exigência do torcedor de ganhar títulos. A história do Atlético é gigante. É por isso que o torcedor cobra bastante. Venho com essa certeza. Toda mudança gera esperança. Estou muito animado. Quero logo treinar, entrar em contato com os companheiros, para iniciar esse ano que acredito que vai ser muito promissor - avaliou.

Confira outros pontos de destaque na entrevista de Ricardo Oliveira

Ganhar a confiança do torcedor

Foi uma decisão acertada, com convicção disso, não só pela grandeza do Atlético e a Massa, que é sua torcida, afinal de contas, ficou na cabeça de todos os brasileiros aquele famoso grito de 'Eu acredito', todo mundo acabou indo nessa vibe. É um desafio bacana para a minha carreira, já que as vezes que eu retornei ao Brasil sempre fiquei no estado de São Paulo. Toda mudança gera muita esperança. Estou bastante animado. Espero apenas os exames médicos para poder oficializar. Confesso que estou muito feliz com a oportunidade.

Mudança de cidade

Foi tudo muito legal. Quando recebi a proposta, sentei com a família e aceitei esse desafio de mudar, sair um pouco daquela zona de conforto. Desde que voltei ao Brasil fiquei no estado de São Paulo. Sair de lá e vir para Minas jogar no Atlético. Isso me deixou muito animado e esperançoso para este ano.

Objetivos com a camisa alvinegra

Transições são normais num clube de futebol, na carreira de jogador. Isso é tudo muito natural. Espero que tudo dê certo. Vou apenas esperar tudo se concretizar para depois falar mais a respeito do que pensamos e programamos para este ano. Os objetivos são grandes. Os desafios são maiores. Com toda a história que construí no futebol, certamente venho com muito ânimo, com muita coisa para acrescentar ao clube.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos