Preparador físico da Ponte faz avaliação positiva do elenco

O preparador físico da Ponte Preta, Caio Gilli, já fez os primeiros testes com os jogadores que se reapresentaram na Macaca. A avaliação, no geral, é positiva, com a projeção de que os jogadores cheguem para a estreia no Paulistão entre 70% e 80% da condição ideal.

- Poucos jogadores apresentaram um índice abaixo. No geral foi bom, de razoável para bom, em alguns casos até surpreendente. Foi um balanço positivo. Com pouco tempo de preparação, priorizamos alguns exercícios, sem a bateria completa. Falar em percentual é complicado, mas temos de estar entre 70% e 80% da condição - afirmou Gilli.

Correndo contra o tempo, a Ponte tem até o dia 17 de janeiro para preparar o elenco, que jogará contra o Corinthians, em Itaquera. Para o preparador físico, o curto período de pré-temporada influenciou no perfil dos reforços.

- A Ponte buscou atletas que pudessem ligar os motores, por assim dizer, com mais rapidez. Podemos ter seis jogos no espaço de três semanas. Isso tudo foi considerado na hora da montagem do elenco - disse Caio Gilli.

Sobre o volante João Vitor e o atacante boliviano Luis Alí, ambos se recuperando de graves lesões, o preparador evitou estipular um prazo para o retorno dos dois aos gramados.

- O João fez um período de transição de oito semanas, mas não para desempenho. Vai começar a treinar com o grupo agora, então é cedo para dar um prazo e criar expectativa. Ali também não fez nenhum tipo de mudança de direção, vai começar agora também. Acredito que os dois voltem juntos, mas não daria um prazo, não.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos