Henrique diz que Cruzeiro já esclareceu atraso nos pagamentos de 2017

  • Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

O Cruzeiro iniciou 2018 com dívidas. Devendo dois meses de salários atrasados e o 13º, o clube busca soluções para quitar os débitos. Capitão da equipe celeste, o volante Henrique comentou a situação e alegou que os jogadores estão cientes do momento financeiro complicado, mas acredita que a Raposa vai acertar as pendências em breve.

- Todo funcionário quer receber, claro. Nós tivemos uma pré-conversa e já esclareceram (o atraso) do ano passado, salário de novembro, 13º, essas coisas. A gente está ciente disso. O Cruzeiro sempre foi um clube que paga, que honra com seus honorários. Em breve, o mais próximo possível, eles vão estar acertando com todos nós. Estamos cientes disso. Foi feita uma conversa e foi explicada a situação - disse o jogador em entrevista coletiva.

A conversa a que o jogador se refere aconteceu na tarde desta quarta-feira, quando o elenco se apresentou e participou de uma reunião de vestiário com a comissão técnica e diretoria. Na ocasião, o presidente Wagner Pires de Sá e o vice-presidente de futebol Itair Machado reduziram a tensão ao falarem sobre o pagamento dos salários.

Em entrevista coletiva, Itair Machado garantiu que o Cruzeiro está mais próximo de conseguir o valor necessário para realizar os pagamentos. Vale lembrar que em 2017, o valor arrecadado com a venda do lateral Diogo Barbosa ao Palmeiras (R$ 5,8 milhões) foi utilizado para pagar os salários de outubro, que também estavam atrasados.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos