Com Zé Roberto, Lusa consegue a vitória na Copa Rubro-Verde

Na noite de quinta-feira, no Canindé, rolou a rodada inicial da Copa Rubro-Verde, que conta com as quatro principais Portuguesas do futebol brasileiro: a paulistana, a do Rio, a Santista e a de Londrina. E no jogo da Lusa contra a xará

londrinense, vencida pela paulistana por 2 a 0) a grande atração foi a presença do meia Zé Roberto, que foi convidado para o torneio e voltou a vestir a camisa da Lusa após 21 anos.

- Minha sensação foi voltar ao tempo, de onde sai. E tudo o que está acontecendo traz à tona que a Portuguesa pode voltar a ser o que era, um grande clube. E isso me comove -- disse Zé Roberto, aposentado desde o fim do ano passado, após mais uma temporada no Palmeiras. O presidente da Lusa, Alexandre Barros, agora espera que Zé Roberto volte atrás na aposentadoria e aceite defender o clube, pois, em sua opinião, o jogador seria o trampolim para a recuperação da Portuguesa, hoje na segundona paulista e fora de todas as competições nacionais.

- A Portuguesa foi apequenada, esquecida, jogada na lata do lixo. A gente tem que trabalhar para tirála dessa situação, subir degrau por degrau e Zé Roberto faz parte disso - disse ao UOL.

Em campo, a Lusa não teve dificuldade para fazer 2 a 0 na Londrinense, gols de Carlinhos e Raul, um em cada tempo. Com o triunfo, o time se qualificou para a final contra a Portuguesa do Rio, que venceu nos pênaltis a santista por 5 a 3, após 2 a 2 no tempo regulamentar.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos